ARARUAMA – Acidente mata cinco e deixa seis feridos na RJ-106, em Araruama

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, quatro moradores do bairro Morro do Moreno foram socorrer um motorista que tinha capotado e foram atropelados.

Cinco pessoas morreram no acidente na RJ-106, em Araruama (Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Estadual)

Um acidente matou cinco pessoas e deixou seis feridas na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), em Araruama, na Região dos Lagos do Rio, na manhã deste domingo (3). Segundo o Batalhão da Polícia Rodoviária Estadual (BPRv), um carro capotou no km 80, na altura do Morro do Moreno. Um grupo de moradores foi socorrer o motorista, que morreu na hora, e quatro pessoas acabaram atropeladas por um outro veículo.

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, o motorista que atropelou as quatro vítimas deixou o carro no local e fugiu sem prestar socorro. Um cerco foi montado pelos policiais na área próxima ao acidente em busca do suspeito.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, que chegou a informar que o número total de feridos chegava a sete, entre as vítimas está uma menina de 12 anos. Além dela, morreram uma jovem de 19 anos e dois homens, um de 37 e outro de 47 anos. O motorista do carro que capotou e morreu tinha 32 anos.

Segundo a assessoria de comunicação do Corpo de Bombeiros, três das vítimas feridas foram socorridas e levadas para o Hospital Municipal Nossa Senhora de Nazareth, em Saquarema. Outros três feridos foram para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Araruama, Destes, dois foram liberados ainda na tarde de domingo.

Seis pessoas ficaram feridas no acidente no Morro do Moreno (Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Estadual)

De acordo com o comando do batalhão do Corpo de Bombeiros que atua em Araruama, 21 agentes participaram do socorro. Um helicóptero foi utilizado durante o resgate das vítimas.
O G1 entrou em contato com a assessoria de comunicação da Polícia Civil, que apenas confirmou a informação da PM de que policiais realizam diligências para apurar as circunstância do acidente.

Fonte G1/Inter TV