CABO FRIO – Em reunião mensal, integrantes do CCS elaboram lista de solicitações à Prefeitura de Cabo Frio

Limpeza, monitoramento por câmeras e combate à flanelinhas estão entre as prioridades

 

Na noite desta quinta-feira (17), na reunião mensal do Conselho Comunitário de Segurança (CCS), foi elaborada uma lista de reivindicações para a Prefeitura de Cabo Frio, que vai desde ao monitoramento na Orla da Praia do Forte à colocação de mais lixeiras na área central da Cidade. O levantamento foi feito durante três dias com empresários do Centro da cidade. A Associação Centro Forte, reativada recentemente, elaborou uma ficha que foi entregue nos estabelecimentos da área, solicitando sugestões de melhorias.

Estiveram presentes diversas autoridades da área de segurança pública: o delegado da 126ª DP (Cabo Frio), Sérgio Caldas; representantes do comandante do 25º BPM, Capitão Ortega Cabo Frio e o Tenente Mathias, Tamoios ; representante da Secretaria de Turismo, da Secretaria de Mobilidade Carolina, da Guarda Civil Municipal; da ASAERLA; OAB ; o presidente da Federação das Associações de Moradores (FAMOCAF) ; do Grupo Iguais; da Câmara Municipal de Cabo Frio. Também estiveram presentes integrantes das Associações de Bairro: Centro Forte, Tangara, Jacaré, Colinas do Peró, Caravelas do Peró, Bosque do Peró; integrantes do CEAM, Iate Clube Cabo Frio e representantes da sociedade civil, como empresários e moradores.

“Essa reunião foi um marco de reivindicações e muitas solicitações de melhorias urgentes para a cidade num todo além de maior segurança na cidade com as solicitações das melhorias das condições da guarda municipal pra atuação e de mudanças urgentes na atuação da Secretaria de Postura nas orlas da Praia do Forte . A associação Centro Forte apresentou uma pesquisa que realizou no centro da cidade com o recolhimento dessas sugestões de melhorias e solicitações”, informou a presidente da Associação Centro Forte, Patrícia Cardinot.

A lista de pedidos que será entregue à Prefeitura de Cabo Frio contém diversas solicitações . Algumas delas: mais limpeza na área central da cidade, instalação de banheiros químicos em pontos de grande concentração de pessoas, como os fundos do Hotel Malibu; monitoramento por câmeras na Praia do Forte; maior controle dos ambulantes que circulam pelo centro, combate aos flanelinhas, entre outros. A reunião do CCS é mensal e toda a sociedade civil pode participar.