COLUNA DO EDU – A DECISÃO DE SERVIR A DEUS NA FAMÍLIA

… Mas eu e minha casa cultuaremos o Senhor (Js24:15)

Por Eduardo Moreira

Sua família é o maior patrimônio que você possui. Bens, diplomas e sucesso profissional perdem o significado para você sem a felicidade de sua família .Na verdade, nenhum sucesso compensa o fracasso de sua família. Não podemos construir nossa felicidade sobre os escombros da nossa da nossa família. Não é prudente alçarmos voos solitários, fazendo uma carreira solo, deixando a família para trás. Não é coerente ser uma pessoa acessível para os estranhos e incomunicável dentro de casa. Não é racional sermos amáveis com os estranhos e truculentos dentro do lar.

Não e consistente sermos piedosos na igreja e profanos no recesso da família. Nossa família precisa estar a serviço de Deus dentro e fora dos portões.
Há muitas famílias doentes e feridas. Há muitas famílias precisando de cura e restauração. Deus ama a família, pois a instituiu . Deus não abre mão da família, pois esta é uma agência do seu reino na terra. Josué, o grande líder que substituiu Moises e introduziu o povo de Israel na terra da promessa, deu testemunho diante de toda a nação que ele é sua casa cultuariam o Senhor (Js24:15). A essa altura, Josué tinha prestígio e bens, sucesso e fama, mas nenhuma conquista pessoal diminuiu seu propósito de consagrar sua família a Deus. Corremos o risco de priorizar outras coisas na família. Buscamos a prosperidade financeira. Investimos na formação intelectual dos nossos filhos, cobiçamos o sucesso profissional. Disputamos o nosso lugar ao sol. Embora essas bandeiras sejam legítimas, nada disso nos aproveitará se descuidarmos do principal, que é pôr nossa família no altar de Deus para cultua-li com alegria e fervor. A família bem aventurada abandona toda forma de mal e busca ansiosamente as coisas lá do alto, onde Cristo vive.
Família um projeto de Deus.
Que Deus abençoe todas as famílias!