GREVE – Professores de Cabo Frio anunciam paralisação de 72h em rede social

Categoria é contra o empréstimo de R$ 200 milhões da prefeitura. Profissionais da Educação no interior do RJ também cobram benefícios.

Greve em Cabo Frio

Os profissionais da Educação de Cabo Frio, Região dos Lagos do Rio, deram início na manhã desta terça-feira (17), a uma nova paralisação de 72 horas. Através das redes sociais, o Sindicato dos Profissionais da Educação (Sepe Lagos) informou que as aulas da rede municipal estão suspensas e que atos serão realizados no município em protesto à votação do Projeto de Lei que dispõe sobre o empréstimo no valor de R$ 200 milhões entre a Prefeitura e o Banco do Brasil.

A ação também está sendo motivada por conta de salários atrasados e a falta de benefícios, de acordo com o sindicato. 

Esta é a terceira paralisação na Educação desde o início do ano letivo, que começou atrasado, no dia 4 de abril, devido à grave da categoria que durou três meses.

A reportagem aguarda um posicionamento da Prefeitura de Cabo Frio sobre a paralisação dos professores.

Fonte G1/Inter TV



Publicidade