JUVENTUDE ALDEENSE COM WAGNER MUNIZ – Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente na UVA

Por Wagner Muniz

Assim como os demais municípios do Rio de Janeiro, a cidade de Cabo Frio foi contemplada com a Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, realizada nesta quinta (29) das 8h às 18h, no auditório da Universidade Veiga de Almeida (Uva), na Estrada Perynas. Tendo com tema central “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências”, o evento foi promovido em conjunto pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e a Coordenadoria Geral da Criança e do Adolescente (COGECRIA), vinculada à Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS).

A Conferência Municipal tem diretriz do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (CONANDA), com base na XI Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, que acontecerá em julho de 2019 a Conferência Estadual e em outubro de 2019, a Conferência Nacional, em Brasília. O encontro foi uma excelente oportunidade de dialogar sobre políticas públicas voltadas à infância e à adolescência no município de Cabo Frio.

Costumo dizer que, “Se você tem uma voz, use-a!”, “A sociedade precisa parar de fazer política para os jovens, e fazê-las com os jovens”, “Juventude organizada é juventude participativa!”, “Chega de dizer que o jovem é o futuro, que futuro o quê, somos o agora, somos o presente!”, essas são algumas das minhas frases de impacto que sempre uso nas minhas palestras e debates, seu efeito sempre é positivo e gera um ar de “eu também quero fazer parte disso” na juventude, e isso é gratificante; não tem preço!

A Presidente do CMDCA de Cabo Frio que me convidou, confesso que fiquei lisonjeado quando recebi o convite para participar do evento e coordenar o EIXO IV, que abordava “Participação, Comunicação Social e Protagonismo de Crianças e Adolescentes”, essa é a minha área de atuação e é algo no qual acredito, luto para que esta temática realmente tenha eficácia; que nossos meninos e meninas tenham o direito à voz e a participação. A juventude precisa de vez, voz, espaço e oportunidade, e eu faço questão de agradecer a cada pessoa que contribuiu para que eu ocupasse esse espaço de destaque que hoje estou, muitíssimo obrigado e que façamos valer as normas do ordenamento jurídico brasileiro.

SIGA O WAGNER MUNIZ NO INSTAGRAM – CLICK NA IMAGEM ABAIXO