MANIFESTAÇÃO – Ato contra o governo Dilma reúne manifestantes no centro de Cabo Frio

Concentração aconteceu na manhã deste domingo (13). Protesto teve início na Praça Porto Rocha e seguiu para a Praia do Forte.

manifestação em Cabo Frio

Ato teve início na Praça Porto Rocha neste domingo (Foto: Rebeca Nascimento/G1)

Manifestantes se reuniram na manhã deste domingo (13) na Praça Porto Rocha, no centro de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, para protestar contra o governo da presidente Dilma Rousseff e contra a corrupção. De acordo com a organização, o Movimento Brasil Livre, aproximadamente 400 pessoas estavam no local por volta das 10h30. Segundo o balanço inicial da Polícia Militar, contudo, o número de pessoas era de aproximadamente 180 pessoas.

Após a concentração, os manifestantes saíram em passeata em direção à Praia do Forte entoando palavras de ordem como “fora Dilma” e “o povo unido jamais será vencido”. Neste momento, eles seguem caminhando pela orla da praia.

Quatro viaturas da PM acompanham o ato. Líderes do movimento e representantes da sociedade se revezam para expor pensamentos sobre o governo e a sociedade em um carro de som. De acordo com o coordenador do MBL na região, Leonardo Estelita, a adesão à manifestação deste domingo é a maior dos últimos protestos realizados na cidade

Depois da concentração, manifestação seguiu para a Praia do Forte (Foto: Rebeca Nascimento/G1)

Depois da concentração, manifestação seguiu para a Praia do Forte (Foto: Rebeca Nascimento/G1)

“Acho que mobilizou muito porque a sensação generalizada com relação à corrupção esta muito grande. Tivemos um aumento de mais de 400% no movimento em nossa página MBL após o ex-presidente Lula ser citado nas investigações da Operação Lava Jato”, afirmou.

Segundo o coordenador, o movimento é apartidário e conta com integrantes de todas as classes sociais. “A gente não tem nenhum tipo de partidarismo. É um movimento cidadão”, explicou.

Entre os manifestantes, muitos usavam roupas com as cores da bandeira nacional e adesivos e emblemas do movimento responsável pela passeata. Um grupo de manifestantes usava narizes de palhaço. “Estamos num pais em que somos palhaços. Venho pedindo consciência do povo brasileiro”, relatou  Ronnie Mahesh, morador de Cabo Frio.

12821412_1710714949170794_5159686376848914348_n

Em São Pedro da Aldeia os manifestantes se reuniram na Praça do Canhão. “Nossa bandeira jamais será vermelha”, disse Edgard Bento – Foto Edgard Bento/Não Cala São Pedro

Fonte G1/Inter TV