RIO DAS OSTRAS – Idoso envolvido em acidente que matou menino de 2 anos será apresentado à Justiça

Mãe estava com os filhos na bicicleta quando foi atingida pelo carro em Rio das Ostras

 

O idoso de 62 anos que atropelou uma mulher e os dois filhos em uma bicicleta em Rio das Ostras, na Região dos Lagos do Rio, vai prestar depoimento em audiência de custódia nesta quarta-feira (10). O acidente aconteceu nesta terça (9) e Richarlyson Ferreira Rodrigues, de 2 anos, morreu na hora.

Segundo o delegado Carmelo Santalucia, 128ª Delegacia de Polícia, o idoso não quis falar sobre o caso na delegacia. O enterro de Richarlyson está marcado para as 15h no Cemitério Municipal de Rio das Ostras.

O motorista já tem passagem pela polícia e, de acordo com o delegado, estava muito confuso quando chegou na delegacia.

“Ele apresentava falas desconexas [quando chegou na DP] e alguns sintomas de embriaguez. Nós optamos por encaminhá-lo ao IML, onde foi constatado esse estado de desorientação. Inclusive, ele errou a data do próprio nascimento. Estamos aguardando um retorno do laudo com as conclusões finais do perito”, disse Carmelo. O depoimento dele será colhido na Casa de Custódia Dalton Crespo de Castro, em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense.

O idoso apresentou um documento que comprova que ele é usuário de remédio controlado. O exame feito no IML mostrou que ele não havia ingerido bebida alcoólica e nem feito uso de substâncias químicas.

O delegado disse que o próximo passo é encaminhar um ofício ao Detran para saber se o fato dele ser portador de uma doença pré-existente consta no sistema e na Carteira Nacional de Habilitação.

O momento em que o carro atropela a mulher e as crianças foi registrado por uma câmera de segurança da Avenida Jane Maria Martins, no bairro Jardim Mariléa. As imagens são fortes e mostram também a irmã de 3 anos com uma mochila nas costas. Ela levanta e corre na direção da mãe após o choque, quando várias pessoas começam a se aproximar.

 

O motorista ainda colidiu contra outros carros e motos depois de atingir a bicicleta. Segundo a Polícia Civil, ele deve responder pelo crime de homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Segundo o agente policial Jaime Morais acrescentou que existe uma ciclovia no canteiro central e que o ideal seria que a mulher estivesse usando a faixa destinada aos ciclistas.

 

A mãe e a irmã do menino foram encaminhadas ao Hospital de Rio das Ostras e para a Emergência Pediátrica, fizeram exames e já receberam alta.

 

 

Fonte G1/Inter TV