SÃO PEDRO DA ALDEIA – ALUNOS DE SÃO PEDRO DA ALDEIA SE FORMAM NO PROERD

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia e o 25º Batalhão de Polícia Militar realizaram a formatura de 902 alunos no Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD). A solenidade aconteceu na Igreja Evangélica Semeando Família, no bairro Campo Redondo. Estiveram presentes na cerimônia o secretário de Educação, professor Walzi Sampaio, o subsecretário de infraestrutura, Luiz Gonzaga Sorrentino, as coordenadoras de Saúde Preventiva da SEMED, Maria Regina Silveira, do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC), Daiana Quintanilha, do primeiro segmento, Kátia Moreno, a assessora jurídica da SEMED, Bárbara Soutelo, e as diretoras das unidades escolares participantes do programa. Na ocasião, quatro redações foram premiadas com brindes e os participantes receberam certificados e fizeram juramento do programa. Realizado em 14 escolas municipais, o PROERD é voltado para os alunos do 5º ano do ensino fundamental e desenvolvido em 17 encontros.

O secretário de Educação, professor Walzi Sampaio falou sobre a iniciativa do Programa. “O PROERD é aquela ação e elemento que entra na vida de quem é jovem naquele momento em que as coisas podem ser revertidas e o momento é esse. Que a semente do programa seja de efeito multiplicador moral, que não acaba nunca, que atinja a um, a dois, a três e por assim em diante. É um grande orgulho poder participar dessa ação”, disse.

Cada unidade escolar participante contou com alunos destaques. As melhores redações, escolhidas pelos instrutores, foram assinadas pelos alunos Isabela de Andrade, da Escola Municipal Antônio Vaz da Silva, do Recanto do Sol, Tainá Guedes, da Escola Municipal Jardim Primavera, do bairro do mesmo nome, Evelyn de Oliveira, da Escola Municipalizada Manoel Moraes da Silva, no Campo Redondo, e Deivisson Carvalho, da Escola Municipal Carlota Rocha da Silva, do bairro Ponta do Ambrósio.

O coordenador geral do PROERD, Major Lima, declarou sua satisfação em participar do momento. “Esse ano o PROERD completa 26 anos de atuação no Brasil. Já são mais de um milhão e meio de crianças só no estado do Rio de Janeiro que assumiram o compromisso de estarem longe das drogas e da violência. Os alunos recebem o certificado do programa, mas o verdadeiro significado tem que estar no coração de cada um deles, naquilo que aprenderam, pois, conhecimento quer não é posto em prática não serve para nada”, afirmou.

Ao fim da premiação dos textos, todos os alunos fizeram um juramento, cantaram e dançaram a canção oficial do Programa. Em São Pedro da Aldeia, os instrutores da edição 2018 do PROERD foram Kleyton Cardoso, Evelyn Bastos, Vanessa Verdine e Júlio César.

De acordo com a diretora da Escola Municipalizada José Guimarães, no bairro Porto da Aldeia, Mirna Souza, declarou gostar muito do programa e destacou que sua escola é agraciada pela iniciativa todo ano. “Muitas vezes o aluno não tem essa orientação e acompanhamento em casa, vendo os instrutores e esse lado humano, os alunos sentem prazer em participar dessa aula. Estão felizes de hoje estar aqui recebendo o certificado”, declarou.

Participaram da formatura do PROERD os alunos do 5º Ano da E. M. Flonete Alexandrino da Silva, no Poço Fundo, E. Mz. Paineira, no Balneário, E. Mz. Manoel Moraes da Silva, do Campo Redondo, E. M. Profª Carolina Nazareth Teixeira Pinheiro, no bairro Estação; E. Mz. Pequiá, na Rua do Fogo; E. M. Elízio Henrique Paiva, no bairro Flexeira, E. M. Profª Maria Celeste de Campos, no Baixo Grande, E. M. Carlota Rocha da Silva, no bairro Ponta do Ambrósio, E. M. Rubem Arruda Câmara, no Morro dos Milagres, E. Mz. José Guimarães, no Porto da Aldeia, E. M. Antônio Vaz da Silva, no Recanto do Sol, E. M. Dulce Jotta de Souza, no bairro São João, E. M. Jardim Primavera, no bairro do mesmo nome e E. M. Antônio Rodrigues dos Santos, no Porto do Carro.

Fonte ASCOM/PMSPA

Por Marianne Rodrigues