SÃO PEDRO DA ALDEIA – Encontro em São Pedro da Aldeia reúne monitores voluntários do Projeto Defesinha 2019

A Defesa Civil de São Pedro da Aldeia reuniu nesta segunda-feira (07) os monitores que serão voluntários do Projeto Defesinha – Verão 2019. O encontro aconteceu no anfiteatro da Praça Hermógenes Freire da Costa, na Praia do Centro, e contou com a participação de 25 pessoas. Destaque em toda a região, as atividades do Defesinha terão início nesta terça-feira (08), às 7h30, também na Praia do Centro. Em 2019, o projeto aldeense atenderá 300 jovens, com idade entre 04 e 14 anos.

O encontro foi conduzido pelo diretor da Defesa Civil, Marcus Dothavio.“O voluntariado hoje é muito difícil, então agradeço a presença de todos. Nós recebemos diversas inscrições, mas o primeiro critério foi priorizar as pessoas que moram em São Pedro da Aldeia. A credibilidade do Defesinha é devida ao cuidado que nós temos com as crianças e não tem pagamento maior do que os laços que criamos e o amor que elas nos dão”, afirmou Dothavio.

Na ocasião, os voluntários esclareceram dúvidas e receberam informações sobre o cronograma de atividades e orientações sobre o projeto, como a divisão dos pelotões, os horários e o cuidado com as crianças. A iniciativa buscou profissionais e acadêmicos de Educação Física, Pedagogia, Psicologia, Enfermagem e Socorristas. Além dos uniformes de monitor, os participantes recebem ainda lanches e certificados de participação com carga horária. O corpo de voluntariado conta com a participação de moradores de São Pedro da Aldeia, Cabo Frio, Arraial do Cabo e Iguaba Grande.

Uma das monitoras é a moradora de São Pedro da Aldeia, Andréa Almeida, que contou ter se voluntariado devido à profissão. “Fiquei encantada como o projeto incluiu as vagas para crianças especiais e, como sou psicóloga, achei que pudesse colaborar de uma forma bem legal nas manhãs delas. Conheci o projeto pelo meu filho, que ingressou no Defesinha bem pequenininho e atualmente está com 11 anos. Cada ano que passa, o projeto só melhora. O número de voluntários esse ano aumentou e, encontrar pessoas dispostas a trabalhar em janeiro, no verão, é a prova de que o Defesinha é só sucesso”, declarou.

As atividades do projeto da Prefeitura de São Pedro da Aldeia serão realizadas entre os dias 08 e 31 de agosto e irão contar com o apoio da Secretaria Municipal de Educação. Uma das novidades do Defesinha em 2019 foi a abertura do primeiro núcleo do projeto educacional, que garantiu a participação de jovens moradores de Iguaba Grande.

Ao lado do marido, também voluntário, a monitora Eliane Souza se mostrou muito animada com a oportunidade. “Vi a divulgação do Defesinha pela internet e achei muito interessante, principalmente pela faixa etária, que atende desde os menores até os 14 anos de idade. Muitas crianças não conhecem algumas praias, nem a Base Aérea Naval, ou não tem noções de plantio, então elas vão aproveitar muito. Esse projeto é, com certeza, algo marcante, que os participantes vão querer voltar em outros anos e, quem sabe até, serem monitores do projeto”, destacou.

Nesta terça-feira (08), durante a abertura do projeto, os participantes serão divididos entre os grupos “Defesinha”, para crianças entre 4 e 8 anos, “Defensores”, de 9 a 11 anos, e “Protetores”, com alunos de 12 a 14 anos. Cada grupo contará com um instrutor e seis monitores. Na programação, palestras educativas, visitas à sede da Defesa Civil, Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia (BAeNSPA) e Corpo de Bombeiros, além de atividades e limpeza em praias da região. O encerramento, com formatura, está previsto para acontecer em 31 de janeiro.

ASCOM/PMSPA
Texto: Gabrielly Costa
Fotos: Jefferson Viana