SÃO PEDRO DA ALDEIA – Filhos de mulher presa por esfaquear adolescente no RJ são encaminhados para a avó

Crianças terão acompanhamento psicológico, informou o Conselho Tutelar de São Pedro da Aldeia. Órgão vai encaminhar um ofício ao Ministério Público sobre o caso.

 

Os sete filhos da mulher presa por esfaquear a filha de 15 anos foram encaminhados para a casa da avó materna em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, nesta segunda-feira (15). Segundo o Conselho Tutelar, a avó é lúcida e carinhosa com os netos.

Crime aconteceu no bairro Vinhateiro, São Pedro da Aldeia — Foto: Reprodução/Inter TV

O órgão informou que as crianças serão atendidas por uma psicóloga e, caso a profissional avalie a necessidade de tratamento contínuo, a Secretaria de Saúde fará o direcionamento para uma policlínica municipal.

Um ofício será enviado ao Ministério Público ainda nesta terça-feira (16) relatando o caso, como informou o Conselho Tutelar.

O órgão informou ainda que está encaminhando um documento ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras) pedindo que as crianças sejam atendidas e, assim, façam aulas de dança e música como parte do tratamento psicológico.

A denúncia sobre a violência da mãe contra a filha foi feita ao Conselho Tutelar pelo ex-marido da suspeita. Quatro das sete crianças são filhas do casal.

O homem está visitando os filhos na casa da avó, de acordo com o Conselho Tutelar.

Relembre o caso

O crime aconteceu no fim de semana após um desentendimento dentro da casa da família no bairro Vinhateiro, em São Pedro da Aldeia. Segundo a polícia, a mulher estava alcoolizada.

A polícia informou que a adolescente foi atingida de raspão no pescoço e levada para o pronto-socorro do bairro Jardim Esperança, onde recebeu atendimento e foi liberada. A adolescente prestou depoimento na 126ª DP nesta segunda-feira (15).

A Polícia Militar informou que foi chamada para verificar a denúncia e, ao chegar à casa, os PMs encontraram a suspeita pela agressão com sinais de embriaguez.

A mulher foi presa em flagrante por crime de lesão corporal e conduzida para a delegacia de São Pedro da Aldeia. Ela será encaminhada para uma unidade prisional.

Segundo o depoimento da vítima, essa não foi a primeira vez que a mãe teve uma atitude agressiva ao ingerir bebida alcoólica.

A informação sobre o comportamento da suspeita foi confirmada por vizinhos da família para a equipe da Inter TV.

O caso é investigado pela 125ª Delegacia de São Pedro da Aldeia.

 

 

Fonte G1/INTER TV