SÃO PEDRO DA ALDEIA – Inscrições para o Projeto Defesinha 2019 esgotam em menos de duas horas

Falta pouco para o início de mais uma edição do Projeto Defesinha, promovido pela Defesa Civil de São Pedro da Aldeia. Devido à grande procura da população, as 200 vagas oferecidas para o Verão 2019 esgotaram em menos de duas horas. Pais e responsáveis de crianças entre 04 e 14 anos de idade se reuniram nesta terça-feira (18) na Casa dos Azulejos, no centro da cidade, para garantir a inscrição no projeto educacional. A Prefeitura aldeense segue realizando o cadastro de reservas para o caso de desistências, na sede da Defesa Civil, no bairro Balneário das Conchas.

Foto: Renato Fulgoni

De acordo com o diretor da Defesa Civil aldeense, Marcus Dothavio, diversas novidades estão reservadas para a próxima edição do projeto. “O Defesinha é um projeto totalmente educativo, nós teremos passeios diferentes do ano passado, como atividades de reflorestamento e visitas a órgãos públicos, além das praias e os pontos turísticos da região. Promovendo a inclusão social, teremos alunos da Escola Municipal de Educação Especial de São Pedro da Aldeia e da APAE de Araruama e Cabo Frio, além da parceria com o projeto SOMAR, que disponibiliza as cadeiras de rodas flutuantes para colocarmos os deficientes físicos no mar”, destacou.

Foto: Renato Fulgoni

As atividades do Defesinha 2019 serão realizadas entre os dias 08 e 31 de janeiro e irão contar com o apoio da Secretaria Municipal de Educação, além de monitores voluntários do projeto. Das 200 vagas disponibilizadas, 20% delas foram destinadas a jovens com necessidades especiais. No ato da inscrição, foram solicitados dois sachês de leite em pó integral para doação ao INCAvoluntário.

O clima na Casa dos Azulejos era de muita satisfação. Moradora do bairro Bela Vista, Danielle Lemos conta que os filhos passam o ano ansiosos para participarem de mais uma edição do Defesinha. “Esse é um projeto que vale a pena colocar nossos filhos, que funciona bem e ensina muito às crianças. Meus filhos amam participar e eu sempre venho fazer a inscrição, porque todos são muito responsáveis. Dessa vez entrou a questão da solidariedade com a doação do leite, então é um projeto muito bonito”, afirmou.

Os participantes serão divididos entre os grupos “Defesinha”, para crianças entre 4 e 8 anos, “Defensores”, de 9 a 11 anos, e “Protetores”, com alunos de 12 a 14 anos. Cada grupo contará com um instrutor e seis monitores. Na programação, palestras educativas, visitas à sede da Defesa Civil, Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia (BAeNSPA) e Corpo de Bombeiros, além de atividades em praias da região. O encerramento, com formatura, está previsto para acontecer em 31 de janeiro.

A animação em participar do Projeto Defesinha era tanta que André Luiz, de 13 anos, acompanhou a mãe no momento da inscrição para garantir sua vaga. “Conheci o projeto quando passei pela orla e vi as crianças fazendo o Defesinha na Praia do Centro. Estou bastante animado para as atividades, principalmente com a questão do reflorestamento”, comentou o estudante da rede estadual.

A sede da Defesa Civil de São Pedro da Aldeia está localizada na Rodovia Amaral Peixoto, km 107, no bairro Balneário, próximo à Unidade de Pronto Atendimento do município.

 

 

Fonte ASCOM/PMSPA

Gabrielly Costa