SÃO PEDRO DA ALDEIA – Maratona de oficinas marca início do ano letivo da Escola de Artes de São Pedro da Aldeia

O início do ano letivo da Escola de Artes de São Pedro da Aldeia foi marcado por uma programação especial na terça-feira (19). Sob gestão da Secretaria Adjunta de Cultura, a unidade realizou uma “Maratona de Artes”, reunindo pais, alunos, familiares, gestores e membros da comunidade escolar. Em clima de muita integração, o evento contou com diversas apresentações das oficinas que serão desenvolvidas ao longo da temporada 2019. Este ano, a Prefeitura abriu mais de 600 vagas para as modalidades ballet, jazz, sapateado, violão, teclado, alongamento e teatro, em diversas categorias, turnos e faixas etárias. A maratona contou com a presença da secretária adjunta de Cultura, Edlúcia Marques, representantes da direção e equipe de instrutores artísticos da Escola.

A cerimônia de abertura foi conduzida pela secretária adjunta de Cultura, Edlúcia Marques. Na ocasião, Edlúcia deu as boas-vindas aos pais e alunos e apresentou à comunidade os membros das equipes diretamente envolvidas na gestão da unidade escolar. “Estamos muito felizes em dar início ao nosso projeto da Escola de Artes, que este ano está de cara nova. Revitalizamos todo o espaço e nossas equipes se empenharam ao máximo para deixar tudo bonito para os nossos alunos. É uma alegria ver que todas as famílias estão interagindo, conhecendo as oficinas e acompanhando de perto as nossas atividades. Quero agradecer às Secretarias de Educação, Ambiente, Urbanismo e Esporte por todo o suporte e apoio. Este ano, pretendemos ampliar o número de apresentações e dar ainda mais visibilidade aos nossos aldeenses. A expectativa é a melhor possível, já estamos a todo vapor e ansiosos para começar esse trabalho maravilhoso”, disse.

Realizada nos turnos da manhã, tarde e noite, a programação da Maratona de Artes contou com diversas apresentações, em formato de workshop, das oficinas de ballet, baby class, ballet contemporâneo, teatro, alongamento, desenho, violão, teclado, sapateado e danças urbanas. Todas as atividades foram abertas à participação do público, incluindo os pais e responsáveis. Com duração de cerca de 40 minutos, as aulas enfocaram, de forma dinâmica, exercícios práticos, a metodologia de trabalho e as principais técnicas de cada modalidade. Ao longo do evento, os estudantes, pais e responsáveis também receberam orientações sobre a grade curricular, conteúdo programático, agenda de eventos, uniforme e frequência mínima exigida, entre outras informações pertinentes.

Coordenadora geral artística, Samanta França falou sobre a proposta da Maratona. “A nossa ideia foi passar para os pais e alunos a identidade da Escola de Artes, abrir a temporada 2019 mostrando os objetivos a serem alcançados. Este ano, estamos somando forças com equipe da Cultura e temos como foco a interdisciplinaridade, que é a conversa entre todas as disciplinas. Por isso, preparamos uma programação com várias oficinas ao mesmo tempo, com as portas abertas, para que o aluno pudesse conhecer não só a oficina que ele vai desenvolver durante o ano, mas também os trabalhos que acontecem na Escola de um modo geral, para que ele se sinta parte do todo. Nós fizemos uma prévia mostrando um pouco do trabalho do professor, do perfil de cada aula e também apresentamos a nova equipe e estrutura da nossa unidade”, destacou a coordenadora, que também será responsável pela formação e direção do Grupo de Dança da Escola de Artes.

Visando o conforto e a melhoria das acomodações, o prédio ganhou novos elementos visuais e passou por obras de reforma geral, com implantação de ações de paisagismo na área externa, melhorias na parte elétrica, revitalização da fachada e renovação de toda a pintura interna.

A pedagoga Lisbete Ferreira, de 54 anos de idade, levou a sobrinha Sofia Estrela para participar da oficina de ballet, aproveitou a oportunidade para fazer uma aula experimental de alongamento e já efetuou sua matrícula na turma. “Eu amei, me senti muito melhor depois da aula.Estava parada há muito tempo e, aqui na Escola de Artes, vi uma chance de voltar para a atividade física. Essa é uma iniciativa muito importante porque muitas pessoas não têm condições de pagar por atividades como essas. Já me inscrevi na turma da manhã e estou ansiosa para começar na sexta-feira. Minha neta já estava matriculada e agora eu também me tornei aluna”, comemorou.

Moradora do bairro Campo Redondo há 20 anos, a professora do Ensino Médio, Silvia Helena Gandra, levou a filha Letícia de Liz, de oito anos, que está matriculada na oficina de jazz infantil. “Esse projeto da Prefeitura é maravilhoso. Além de ser gratuito, é um trabalho de muita qualidade e competência. Os professores têm muita responsabilidade e atenção com as nossas crianças. É uma Escola de excelência em termos de organização e profissionalismo. Estou muito feliz por ter conseguido matricular minha filha este ano. Para ela, poder fazer essa atividade física no contraturno vai ser muito importante”, afirmou.

Fundada há mais de 10 anos no município, a Escola de Artes de São Pedro da Aldeia já formou, gratuitamente, milhares de crianças, jovens e adultos em diversas modalidades artísticas, proporcionando acesso à cultura e socialização, além de estimular o trabalho em equipe e o desenvolvimento das habilidades cognitivas, físicas e criativas dos alunos. Tradicionalmente, a unidade realiza o Corredor Cultural, no mês de junho, com um grande espetáculo reunindo apresentações de esquetes, recitais de música, desenho e amostras de trabalhos elaborados em cada uma das oficinas, encerrando o primeiro semestre de atividades. Além do espetáculo de fim de ano, a Escola também promove eventos paralelos em alusão a datas comemorativas, como aniversário da cidade, festa julina, Dia do Artista de Teatro, Dia da Bailaria, Dia Internacional da Dança, Dia Internacional da Música e outras.

A participação em competições de nível regional e estadual, mostras e festivais também é uma das marcas da Escola de Artes Municipal. Em 2018, os alunos da Escola marcaram presença no Festival Popular de Dança (FPD), no Rio de Janeiro. Todas as coreografias inscritas foram premiadas. Ao todo, 38 bailarinos e seis apresentações representaram o município na disputa estadual. Na dança urbana, a equipe da Escola ficou em primeiro lugar na categoria juvenil e também conquistou o troféu destaque como a melhor coreografia apresentada no segundo dia de Festival.

Para obter informações sobre disponibilidade de vagas nas turmas e efetuar a inscrição, o interessado deve comparecer à sede da unidade com os documentos de identidade, CPF, comprovante de residência, declaração escolar atualizada e foto 3×4. Em breve, também serão abertas vagas para oficinas de Street Dance, desenho e dança do ventre. O período de matrículas será divulgado pela Escola de Artes e no site da Prefeitura. As vagas da Escola de Artes são oferecidas, prioritariamente, aos candidatos na faixa etária escolar, matriculados em escolas públicas. Vale lembrar que o aluno deve obter a frequência mínima de 75% no total de horas letivas. A Escola de Artes Municipal fica situada no prédio anexo ao Teatro Municipal Dr. Átila Costa, na Rua Francisco dos Santos Silva, n° 555 (fundos), no bairro Nova São Pedro.

Confira o cronograma completo de oficinas da Escola de Artes Municipal para a temporada 2019:

Sala 1

Baby Class – Às terças, das 9h30 às 10h15, e às quintas, das 9h às 9h45 e das 9h às 9h45. Faixa etária: 04 a 06 anos.

Ballet Infantil – Às terças, das 8h15 às 9h15. Faixa etária: 07 a 12 anos.

Ballet Infantil Iniciante: Às terças e quintas, das 14h30 às 15h30. Faixa etária: 07 a 12 anos.

Ballet Juvenil: Às terças e quintas, das 10h15 às 11h30 e das 15h30 às 16h45. Faixa etária: 13 anos.

Ballet Avançado: Às terças e quintas, das 17h às 18h30. Faixa etária: 14 anos.

Jazz Infantil: Às quartas, das 9h às 10h e das 16h40 às 17h40, e às sextas, das 9h às 10h e das 16h40 às 17h40. Faixa etária: 08 a 12 anos.

Jazz Infanto Intermediário: Às segundas e sextas, das 18h às 19h. Faixa etária: 13 a 15 anos.

Jazz Juvenil: Às terças e quintas, das 13h30 às 14h30. Faixa etária: 16 a 21 anos.

Violão Infantil: Às quartas, das 15h30 às 16h30. Faixa etária: 07 a 10 anos.

Violão Juvenil: Às quartas, das 10h30 às 11h30. Faixa etária: 11 a 15 anos.

Teclado Infantil: Às quartas, das 13h30 às 14h30. Faixa etária: 07 a 10 anos.

Teclado Juvenil: Às quartas, das 14h30 às 15h30. Faixa etária: 11 a 15 anos.

Teclado Adulto: Às quintas, das 18h30 às 19h30. Faixa etária: 13 anos.

Sala 2

Baby Class: Às segundas e quartas, das 13h45 às 14h30 e das 14h30 às 15h15. Faixa etária: 04 a 06 anos.

Ballet Juvenil: Às segundas e quartas, das 08h45 às 10h15. Faixa etária: 10 a 15 anos.

Ballet Adulto: Às segundas e quartas, das 10h30 às 12h. Faixa etária: 16 anos.

Ballet Juvenil Contemporâneo: Às terças e quintas, das 08h45 às 10h15. Faixa etária: 10 a 15 anos.

Ballet Adulto Contemporâneo: Às terças e quintas, das 10h30 às 12h. Faixa etária: 16 anos.

Sapateado Infantil: Às segundas e quartas, das 16h30 às 18h. Faixa etária: 05 a 10 anos.

Sapateado Intermediário: Às segundas e quartas, das 16h30 às 18h. Faixa etária: 11 a 16 anos.

Sapateado Adulto: Às segundas e quartas, das 18h30 às 20h. Faixa etária: 17 anos.

Violão Infantil: Às terças e quintas, das 14h30 às 15h30 e das 15h30 às 16h30. Faixa etária: 07 a 10 anos.

Violão Juvenil: Às terças e quintas, das 13h30 às 14h30 e das 16h30 às 17h30. Faixa etária: 11 a 15 anos.

Violão Adulto: Às terças e quintas, das 18h às 19h e das 19h às 20h. Faixa etária: 16 anos.

Alongamento Juvenil: Às sextas, das 08h45 às 10h15. Faixa etária: 10 a 15 anos.

Alongamento Adulto: Às sextas, das 10h30 às 12h. Faixa etária: 16 anos.

Sala 3

Teatro Infantil Iniciante: Às segundas e quartas, das 13h às 14h30, e às terças, das 8h às 9h30. Faixa etária: 06 a 10 anos.

Teatro Infantil Avançado: Às segundas e quartas, das 08h às 09h30. Faixa etária: 06 a 10 anos.

Teatro Juvenil Iniciante: Às segundas e quartas, das 9h30 às 11h. Faixa etária: 11 a 15 anos.

Teatro Juvenil Avançado: Às terças, das 13h às 16h. Faixa etária: 11 a 15 anos.

Teatro Adulto Iniciante: Às terças, das 18h às 21h. Faixa etária: 16 anos.

Teatro Adulto Avançado: Às segundas e quintas, das 18h às 20h30. Faixa etária: 16 anos.

Violão Infantil: Às terças, das 09h30 às 10h30. Faixa etária: 06 a 10 anos.

Violão Juvenil: Às terças e sextas, das 10h30 às 11h30. Faixa etária: 11 a 15 anos.

Teclado Infantil: Às quartas, das 16h às 17h, e às quintas, das 08h às 09h; das 09h às 10h; das 13h30 às 14h30 e das 15h30 às 16h30. Faixa etária: 06 a 10 anos.

Teclado Juvenil: Às quartas, das 17h às 18h, e às quintas, das 10h às 11h; das 11h às 12h; das 14h30 às 15h30 e das 16h30 às 17h30. Faixa etária: 11 a 15 anos.

Teclado Adulto: Às quartas, das 18h às 19h; das 19h às 20h e das 20h às 21h. Faixa etária: 16 anos.

 

ASCOM/PMSPA
Texto: Raíra Morena
Fotos: Renato Fulgoni e Ryu Rodrigues