SÃO PEDRO DA ALDEIA – Saúde aldeense imuniza cerca de 2 mil crianças contra pólio e sarampo

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia imunizou 1.978 crianças contra a pólio e 2.330 contra o sarampo. A parcial divulgada pela Secretaria Municipal de Saúde é referente ao período de 06 a 18 de agosto. O município tem como meta a imunização de 5.304 crianças com idade entre 1 a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), independente da situação vacinal, com exceção daquelas que foram vacinadas nos últimos 30 dias. O Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo mobilizou as unidades de saúde da cidade no último sábado (18).

Foto Renato Fulgoni

A secretária de Saúde, Francislene Casemiro, enfatizou a continuidade da Campanha de Vacinação. “Mesmo com o atendimento reduzido no Dia D o município alcançou uma boa porcentagem da cobertura vacinal. A mobilização vai até o dia 31 de agosto e é importante lembrar que as unidades precisam se organizar em certos de dias de atendimento para evitar o desperdício das doses, visto que essa imunização não pode ser tratada como demanda livre”, destacou.

A Campanha segue até o dia 31 de agosto nos postos de saúde do município, com exceção dos bairros Três Vendas e Recanto das Orquídeas. A vacinação contra o sarampo se estende também para pessoas de cinco a 49 anos de idade. A recomendação é que pessoas de cinco a 29 anos de idade, que não possuam registro de vacinação, recebam duas doses, sendo a primeira durante a Campanha e a segunda após 30 dias. Já as de 30 a 49 anos de idade, que também não possuem registro de vacinação, receberão dose única.

Foto Renato Fulgoni

Moradora do bairro Fluminense, Beatriz Lourenço imunizou sua filha de dois anos e oito meses durante o Dia D da Campanha na Sala de Vacinas, no Centro. “É muito importante se vacinar. Vi a divulgação que está sendo feita e aproveitei para pegar algumas informações sobre a vacinação contra o sarampo, porque os adultos também estão se vacinando e quero me imunizar logo”, comentou.

Informações sobre dia e horário de vacinação durante a Campanha Nacional devem ser obtidas diretamente nas unidades. De acordo com o Ministério da Saúde, o objetivo da mobilização nacional é reduzir a possibilidade de reemergência do sarampo e o retorno da pólio, doenças já eliminadas no Brasil.

Foto Renato Fulgoni

 

Fonte ASCOM/PMSPA
Texto: Gabrielly Costa
Fotos: Renato Fulgoni