Sem acordo, bancários da Região dos Lagos lamentam sequência da greve

Reunião foi realizada nesta terça-feira (27) com a Fenaban. Sindicato do interior do RJ aguarda novo encontro para tentar negociação.

agencias-de-cabo-frio-e-de-toda-a-regiao-estao-fechadas

Agências de Cabo Frio e de toda a região estão fechadas (Foto: Ariane Marques/Inter TV)

Sem acordo com os representantes da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) em reunião realizada nesta terça-feira (27), o bancários da Região dos Lagos do Rio seguem com 100% das 58 agências fechadas nesta quarta-feira (28). Segundo o representante do sindicato da categoria, Suez Santiago, as agências vão continuar sem funcionar até que as reivindicações dos bancários sejam atendidas.

“Parece que os representantes da Fenaban querem continuar com a greve. Eles nos chamam, dão esperança de negociação, mas chega na hora não melhoraram as propostas, pelo contrário. Continuamos esperando uma nova chamada deles para conversarmos. Esperamos que eles estejam dispostos a negociar finalmente para que a greve acabe”, declarou Suez.

O sindicato da Região dos Lagos do Rio representa os municípios de Cabo Frio, São Pedro da Aldeia, Rio das Ostras, Araruama,Iguaba Grande, Saquarema, Arraial do Cabo,Armação dos Búzios e Rio Bonito.

De acordo com a entidade, a média é de cinco funcionários atuando em cada agência. Na região, somente os casos essenciais estão sendo atendidos pelos funcionários, como desbloqueio de cartões para idosos. O efetivo nas agências é de no máximo 30%.

A greve faz parte da campanha de reajuste salarial nacional. Os trabalhadores exigem a reposição da inflação e mais 5% de aumento real. Na Região dos Lagos, 100% das 58 agências seguem atuando com números reduzidos somente para serviços essenciais à população.

A greve foi aprovada em assembleia no dia 1º de setembro, quando a categoria rejeitou a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) de reajuste de 6,5% sobre os salários, a PLR e os auxílios refeição, alimentação, creche, e abono de R$ 3 mil.

Os sindicatos alegam que a oferta da Fenaban ficou abaixo da inflação projetada em 9,57% para agosto deste ano e representa perdas de 2,8% para o bolso de cada bancário.

A orientação do Procon-PR é para que os consumidores busquem meios alternativos, como casas lotéricas e correspondentes bancários, como farmácias e supermercados, caixas eletrônicos, internet e aplicativos de celular, e até mesmo o próprio fornecedor para efetuar os pagamentos e evitar o acréscimo de juros e multas nas contas.

Fonte G1/Inter TV

[BL]games, PS2, PS3, Nintendo, Wii, iPod[/BL]

Compare Preços de: games, PS2, PS3, Nintendo, Wii, iPod no Buscapé.

O Livro dos Sonhos - O Caçador de EspíritosPowered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *