Financiamento de R$ 4 mi da AgeRio impulsiona reta final das obras do Centro de Abastecimento de São Pedro da Aldeia

Com 90 mil m² de área, previsão é de que o Ceasp inicie as atividades em agosto de 2021. Espaço fica às margens da Rodovia Amaral Peixoto, próximo ao trevo de Búzios.

As obras do Centro de Abastecimento de São Pedro da Aldeia (Ceasp), na Região dos Lagos do Rio, contam agora com um recurso de R$ 4 milhões que foram financiados pela AgeRio, agência de fomento vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais.

O Ceasp conta com 28 lojas, na primeira fase  — Foto: Michelle Reis/Ceasp

O Ceasp conta com 28 lojas, na primeira fase — Foto: Michelle Reis/Ceasp

De acordo com Gustavo Scarambone, um dos sócios do empreendimento, a obtenção do recurso visa dar mais celeridade à obra, com previsão para ser inaugurada no mês de agosto. O Ceasp vai receber, nesta quinta-feira (10), a visita de André Vila Verde, presidente da AgeRio, junto com parte da equipe técnica do órgão.

“Para nós é uma imensa satisfação observar que o Governo do Estado incentiva iniciativas que impulsionam a geração de emprego e renda, tal como a nossa”, declarou Scarambone.

Gustavo Scarambone é um dos sócios-empreendedores do Ceasp, Centro de Distribuição de São Pedro da Aldeia — Foto: Luiz Thiago de Jezus/Ceasp

Gustavo Scarambone é um dos sócios-empreendedores do Ceasp, Centro de Distribuição de São Pedro da Aldeia — Foto: Luiz Thiago de Jezus/Ceasp

Sobre o empreendimento

O empreendimento de 90 mil metros quadrados fica às margens da Rodovia Amaral Peixoto, em São Pedro da Aldeia, bem próximo ao trevo de Búzios. Ele será referência no segmento e deve atender, ao menos,14 municípios e um milhão de pessoas, segundo os investidores.

Com a inauguração, a expectativa é de que sejam gerados mais dois mil empregos diretos e indiretos, aquecendo a economia na região.

Nesta primeira etapa, o espaço conta com 156 boxes, 28 lojas, área kids e amplo estacionamento. No local serão comercializados, no atacado e varejo, produtos hortifrutigranjeiros, bebidas, carnes, pescado, embalagens, lanches, refeições, rações e outros. Mais de 70% dos espaços já foram ocupados.

Amarildo Berbet, proprietário de um hortifruti em Casimiro de Abreu, vê o espaço como uma grande oportunidade.

O comerciante Amarildo Berbet pretende comercializar produtos regionais no Ceasp — Foto: Michelle Reis

O comerciante Amarildo Berbet pretende comercializar produtos regionais no Ceasp — Foto: Michelle Reis

“Hoje trabalho com um novo conceito de hortifruti, mais organizado e com produtos selecionados. Com a abertura do Ceasp, terei a oportunidade não apenas de comprar alimentos mais frescos e baratos, como também de poder comercializar ali itens regionais”, pontuou o empresário.

O estabelecimento vai funcionar nos moldes do Centro de Abastecimento do Estado da Guanabara – Cadeg, na Capital – um consagrado polo de comercialização de alimentos, bebidas e descartáveis, além de gastronomia e serviços.

Com informações do G1/Região dos Lagos


Últimas Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *