CIÊNCIA & FÉ – Revelação dos mistérios de Deus na vida diária

Em nossas atividades diárias, estudos, trabalho, igreja, família e outras responsabilidades, nos deparamos com as telas do computador, TV, celular e outras tecnologias durante vários minutos do dia. O tempo vai passando, dias, semanas, meses e anos, e em todos os milésimos de segundos Deus tem se revelado e muitos de nós não temos visto.

Por toda a bíblia Deus fala com os seus filhos o quanto Ele se revela através da natureza, tal revelação se diz respeito a quem Ele de fato é. Os mistérios de sua glória estão nas virações dos dias, no nascer e no pôr do sol, nos jardins que decoram o nosso derredor, na afeição que sentimos pelos nossos irmãos, na justiça que fazemos em misericórdia pelo nosso próximo e em vários outros momentos que não conseguimos enxergar Deus sem as lentes corretas.

Em Salmos 19:1 diz: “Os céus declaram a glória de Deus; o firmamento proclama a obra das suas mãos”, esse é um dos versículos que mais demonstra o quanto é possível aprender dos mistérios de Deus através do conhecimento da sua criação. E porque deveriamos considerar importante a criação ou a Sua revelaçã divina através dela?

Simples, pelo fato de que fomos feitos por esse mesmo Deus que criou toda a natureza e que nos ordena a seguir Seus passos. E é possível ver tamanha importância que Ele dá a sempre nos fazer experimentar parte do Seu Reino por meio dessa relação com a criação, ainda que não habilitados a enxergar todo seu mistério com perfeição, 1 Coríntios 13:12, “Agora, portanto, enxergamos apenas um reflexo obscuro, como em um material polido; entretanto, haverá o dia em que veremos face a face. Hoje, conheço em parte; então, conhecerei perfeitamente, da mesma maneira como plenamente sou conhecido”.

Cristo permite que João tenha uma visão sobre seu ser glorificado em apocalipse 1:13-16, “um ser parecido com um homem, vestindo uma roupa que ia até os pés e com uma faixa de ouro em volta do peito. Os seus cabelos eram brancos como a lã ou como a neve, e os seus olhos eram brilhantes como fogo. Os seus pés brilhavam como o bronze refinado na fornallha e depois polido, e a sua voz parecia o barulho de uma grande cachoeira. Na mão direita Ele segurava sete estrelas, e da sua boca saía uma espada afiada dos dois lados. O seu rosto brilhava como sol do meio dia.” Deus usa elementos da natureza, de Sua própria criação, e a bíblia diz que após essa visão João caiu aos pés do Senhor.

Como filhos, criaturas feitas à semelhança divina devemos nos empenhar na fé para enxergar ao nosso redor as revelações divinas e seus mistérios, com a intenção de viver Cristo e conhece-lo. “E a vida eterna é esta: que te conheçam a Ti, o Único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.” João 17:3.

Por Gabrielle A. Moreira / Engenheira ambiental


Colunistas

[BL]games, PS2, PS3, Nintendo, Wii, iPod[/BL]

Compare Preços de: games, PS2, PS3, Nintendo, Wii, iPod no Buscapé.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *