Ex-PM suspeito de matar homem e balear mulher grávida e criança foi expulso da corporação por indisciplina

Segundo a assessoria da PM, ele cometeu diversas infrações disciplinares durante os oito anos que ficou na polícia. O crime contra uma homem, a mulher e a criança aconteceu nesta quarta-feira (22) em um condomínio em Rio das Ostras.

O ex-policial militar suspeito de matar um homem e balear uma mulher grávida e uma criança em Rio das Ostras, foi expulso da corporação em janeiro deste ano por indisciplina. A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro informou que ele cometeu diversas infrações disciplinares no período de aproximadamente 8 anos em que esteve na corporação.

Ele foi preso nesta quarta-feira (22) às margens da Rodovia Amaral Peixoto, nas imediações do bairro Jardim Miramar, em Rio das Ostras, na Região dos Lagos, depois de matar um homem e balear a mulher da vítima e a filha dela, de 7 anos.

De acordo com a Polícia Civil, o crime foi motivado por uma discussão entre a esposa do ex-policial, que é babá de 3 crianças, e o homem que morreu, que era motorista de van escolar. A discussão seria por causa de um atraso do motorista para entregar as crianças.

Imagens de uma câmera de segurança registraram o momento.

É possível notar um carro parado à direita da tela, e dois homens conversando: a vítima e o suspeito.

Pouco depois, a vítima atravessa a rua, se aproximando do carro da família. Quando a vítima dá as costas, o ex-policial abre a porta do carro à direita do vídeo, pega uma arma e atira contra o homem. Quando a vítima cai no chão, o suspeito entra no carro e dá partida.

Nas imagens é possível ver um pedestre que estava andando na calçada e corre ao ouvir os disparos. Uma outra pessoa que estava passando na rua, de carro, também foge.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a mulher de 31 anos e a menina de 7 anos foram socorridas e levadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. A Prefeitura de Rio das Ostras informou que, por estar grávida, a mulher foi transferida para o Hospital Municipal Naelma Monteiro. Já a criança foi transferida para o Hospital Estadual Roberto Chabo, em Araruama.

Segundo o delegado de Rio das Ostras, Ronaldo Cavalcante, houve uma discussão por conta da forma que a esposa da vítima tratava a criança. O autor então foi até o carro e atirou contra vítima e os disparos acertaram a mulher na perna e a criança na mão. De acordo com o delegado, o suspeito era conhecido da vítima.

A Polícia Militar foi acionada e informou que após verificarem as imagens do local, os policiais negociaram por telefone para que o suspeito se entregasse. Ele foi localizado às margens da Rodovia Amaral Peixoto, nas imediações do bairro Jardim Miramar, em Rio das Ostras.

“Ele se apresentou para guarnição, levou a arma utilizada que é uma 9 mm raspada com munição suprimida”, disse o delegado.

O suspeito foi levado para delegacia. A arma, as munições, um telefone celular e um carro foram apreendidos.

Arma utilizada no crime e munições foram apreendidas em Rio das Ostras, no RJ — Foto: Polícia Civil/Divulgação

“Ele vai responder por homicídio qualificado e porte ilegal de arma de fogo com munição suprimida”, informou o delegado.

O suspeito foi levado nesta quinta-feira (23) para Campos dos Goytacazes onde passará por uma audiência de custódia.

Com informações do G1 – Por Larissa Vilarinho, g1 — Rio das Ostras

GAT I prende homem com drogas na Favela do Lixo em Cabo Frio

GAT I prende homem com drogas na Favela do Lixo em Cabo Frio

Com informações da Polícia Militar, na quarta-feira (17), após informação de que elementos estariam traficando na localidade conhecida como “CORO COME” na Favela do Lixo, na Rua Sete, Manoel Corrêa , Cabo Frio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *