Izabelle Valladares e a História para curiosos: Tu sabes mesmo quem foi Tiradentes e por que ele é o único herói nacional? Tem certeza?

Olá leitores, vamos falar não apenas do cara que deu origem a esse feriado de Tiradentes, mas, sobre os prováveis motivos dele ter se tornado o único herói nacional (Airton Senna ainda não havia nascido) aliás, em todo país ele é o único homem que tem um feriado só pra ele. Mas, como toda história precisa ter um X, da questão, nos perguntamos, depois de tantas revoltas e conjurações (mesmo que recebam nomes variados é tudo a mesma coisa) qual o motivo de somente Tiradentes ser ovacionado como herói nacional?

Será que Lucas Dantas, João de Deus e demais revoltosos da Revolta de Búzios eram menos significativos? Será que Domingos José Martins ou o Padre João Ribeiro, da Revolta Pernambucana(Que realmente aconteceu) não mereciam um feriadinho? Porque só o Tiradentes tem toda honra e toda glória?

Izabelle Valladares e a História para curiosos: Tu sabes mesmo quem foi Tiradentes

Quem foi Tiradentes?

Pra começar, temos que rebobinar a fita pra gente entender essa história(quem tem menos de 30 anos, procura no Google o motivo dessa expressão) pois bem, Joaquim José da Silva Xavier, o nosso “famosinho”, nasceu em Minas Gerais, mas, o palco da nossa história é Vila Rica, hoje Ouro Preto, na época, a cidade mais movimentada e avançada não apenas do Brasil Colônia, mas também de toda América Latina, lugar onde viviam os ricos e intelectuais, no ano de 1746. Como a alcunha revela, ele era dentista, e apesar do nome, reza a lenda, que ele odiava arrancar dentes, mas na época não havia tratamentos. Dente doeu? Pega a marreta e a talhadeira e arranca. Assim, o nosso mocinho, ganhou o apelido e a sobrevivência por muito tempo.

Mas, o cara jogava em várias posições, a vida pra ele não era um morango. Ele era comerciante ambulante (mascate), era soldado da Coroa Portuguesa(alferes), minerador e um bom orador. Filho de pais portugueses, era o quarto de onze filhos e ficou órfão de pai e mãe muito jovem, aos dez anos de idade, sendo criado por seu tio, que era justamente dentista e ensinou a profissão ao sobrinho. Mega insatisfeito em ser militar, pediu pra sair da carreira, antes da bomba da inconfidência explodir. Toda elite mineira estava insatisfeita com a Coroa, devido a ameaça da Derrama, mas essa galera de Minas é sempre meio dividida, vide Atlético e Cruzeiro, e com os Inconfidentes não era diferente, todos queriam a República, mas, a opinião se dividia quando se falava em escravidão, levando o fato de ser um movimento de elite, os reais motivos são claros, interesse próprio.

Mas, como nessa época o Iluminismo estava comendo solto e a Revolução Francesa, engatinhando, inspirando todo mundo a ter liberdade, as ideias começavam a clarear, a Coroa sugava com força e esses inconfidentes decidiram que libertariam Minas Gerais da Coroa Portuguesa, na época o Rei era Dom João V e a Rainha Dona Maria, vide que os outros movimentos queriam Independência para o Brasil, eles focavam só em Minas, querendo criar a República Indepente das Minas Gerais, ou seja, um país dentro do outro e no meio do outro e é lógico que você nem precisava ser Rei para não aceitar um bagulho desses.

Mas, vamos as origens da insatisfação dessa galera, pois se todos eram de elite (Padres, Poetas, Escritores, Advogados), por que a revolta contra a Coroa?

Em 1702, antes de Tiradentes nascer, foi criada a Intendência das Minas, mais ou menos a nossa Receita Federal de hoje, que fiscalizava tudo o que era extraído das Minas existentes, autorizava quem podia ou não Mineirar no lugar e cobrava impostos sobre o ouro. Vamos lá, em Minas tinha muito ouro, inclusive o ouro de aluvião, ou seja, tropecei em uma pedra, só que não era pedra, era só tropeçar que era ouro, enfim, Minas dava ouro igual a mato e Portugal achava que aquele ouro não iria acabar nunca.

Era tão fácil extrair ouro que de trezentos mil habitantes na colônia, as cabeças pularam pra três milhões, isso fez até Portugal proibir que as pessoas se mudassem pra Minas Gerais, estava muito mole enriquecer naquele lugar. A galera veio garimpar com força, o ouro era retirado na bateia, nos leitos dos rios, inicialmente, que é uma peneira, depois o povo achou as Minas, daí o nome do Estado e pra variar, a maioria da mão de obra era escrava.

Então, foi criado o Quinto (Daí que vem a expressão Quinto dos infernos), mas era basicamente, 20% do ouro extraído deveria ser entregue a Coroa como pagamento de impostos, só que nessa época também tinha contrabando e como todos sabem, não foram os melhores portugueses os enviados para cá no início da colonização, então o Rei, resolveu criar a Casa da Fundição, que transformava o Ouro em barras e ainda colocava o selo da Coroa prensado nele, aumentando o controle de mercadoria, mais ou menos uma garantia que aquele ouro era legal.

Sem o brasão o ouro podia ser confiscado e o portador preso por roubar o Rei. Só que meio século depois de começarem a cobrança desses impostos, o ouro começou a diminuir, o que é normal em qualquer atividade de extração, vide Serra Pelada que era um morrão e virou um buraco, as salinas aqui de Cabo Frio que acabaram, mas, nessa época não se pensava em meio ambiente, então o Rei ficou bolado:”Essa galera tá me roubando…pensava lá de Portugal” e em uma época que aconteceu o pior terremoto de Portugal e estavam devendo a Deus e ao mundo por conta do fim da guerra com a Espanha, quebrando a União Ibérica, precisando de grana pra reconstruir Lisboa que tinha ido a chão.
Então era preciso apertar a Colônia.

Assim, criaram a Derrama, que estipulava que a Colônia tinha que enviar mil e quinhentos quilos de ouro por ano para Portugal e se não chegasse a esse número teriam que completar, mesmo que tivessem que usar a autoridade, ou seja, a meta tinha que ser batida, ou levavam na marra, foi aí que a faca entrou na caveira, quem seria o mais prejudicado com isso? Quem tinha grana lógico! E quando se pensa em quem mexeu no meu queijo, logo a galera reage. Em 1763 a Derrama foi aplicada, pois nos anos anteriores mesmo não batendo a meta, o Rei fazia vista grossa, mas naquele ano: Farinha pouca, meu pirão primeiro!

Mas, não pensem que foi de estalo, nada era na época, a coisa não desenrolou rapidamente, entre o começo da Derrama e a Inconfidência Mineira se passaram trinta anos, nesse período, o ouro estava ficando escasso, a Guarda Nacional, descendo o porrete e levando o ouro e muita gente, não conseguindo pagar os impostos, se enrolava, ia pro SPC real, inclusive muitos inconfidentes entraram na causa por estarem com o nome sujo, lá no Serasa do Barão de Barbacena, que mandava cobrar geral.

Os inconfidentes achavam que teriam o apoio de todo povo, pois ninguém estava satisfeito com a Coroa, mas, em troca da anistia de suas dívidas, três dedos duros entregaram o movimento, não foi apenas o Silvério Dos Reis, ele começou e o Inácio Correia de Pamplona e o Basílio de Brito,terminaram o serviço.

Mudando de assunto, legal que circulando em Ouro Preto você encontra ainda plaquinhas mostrando onde essa galera morava, ou se reunia, um lugar pra ser visitado muitas vezes, fora a comida mineira que é um abre aspas, mas voltando lá na situação, o movimento nem se levantou, ao contrário da Revolta Pernambucana, os caras foram presos, cinco padres foram julgados pela igreja e foram presos, sendo que três deles morreram na prisão, seis foram inocentados, sendo que três deles na delação premiada, um foi condenado a trabalhos forçados, oito foram exilados fora do país e onze condenados a morte, só que desses onze, certamente por algum motivo de pagar uma boa fiança, receberam clemência real e a corda sempre arrebenta pro lado mais fraco e eles tinham que matar alguém pra servir de exemplo, ou pra Corte seria um mico danado e o sorteado, vulgo bola da vez, foi o Tiradentes, porque também assumiu a liderança e em nenhum momento botou galho dentro, então ele seria um perigo mesmo preso.

Em 21 de abril de 1792, após quatro anos de processo e julgamento, Tiradentes foi enforcado e esquartejado.
Mas, aí vem o desdobramento do marketing do Mito. Durante os próximos 100 anos, Tiradentes não era nem lembrado, era considerado só “mais” um traidor inconsequente enforcado pela Corte e o Império havia se fortalecido com Dom Pedro II, que já foi analisado como um ótimo governante, mas, o Brasil já era independente, já tinha sua bandeira, seu hino, mas, continuava sendo regido pela Família Real, o que incomodava, apesar de Dom Pedro II, ser brasileiro, suas meninas também, seus netos idem, isso exigido em contrato (Leia no post do Parto da Princesa Isabel), ainda tinha aquela invejinha incomodando e queriam, porque queriam, que o poder fosse do povo.

Então, o povo precisava ter heróis, ter pessoas com quem eles se identificassem, assim estratégicamente, pensaram: Ah, vamos colocar os Negões da Revolta de Búzios? Ah, não, os outros recém libertos, vão ficar se achando e a Coroa havia matado muita gente em Salvador, juntou até urubu, baiano gosta de protestar, vão arrumar logo outros heróis, fazer uma banda de axé, vamos ter que botar trio elétrivo no feriadão, melhor deixar quieto, vai virar “bagaceira”.

Ah, vamos colocar a galera de Pernambuco? Melhor não, algum nordestino pode ficar puto e eles resolvem tudo na peixeira e fora isso, a Revolução deles havia acontecido, podem vir bater panela e tal, aparecer herdeiro pedindo pensão, nordestino gosta de fazer “mininu”, então, quem poderia ser um herói do povo? Que não era rico? Não tinha escravos? Não tinha herdeiros? Não tinha nem uma casinha pra chamar de sua. Aliás, não tinha nem um retratinho… e cara, um militar que queria a República e tcharammmmmm! Ele! Ele era o cara certo.

Os militares haviam dado o Golpe da República e estavam se achando Deus naquela hora, e se Deus nos fez sua imagem e semelhança , então bora fazer um Jesus brasileiro? Assim deram a Tiradentes, o jeito Jesus de ser, magro, branco, barbudo, cabelos longos, mas isso já foi desbancado por vários historiadores, pois pra começar ele era militar e mesmo antes não usaria aquela barbona de Noé, ele estava preso e na cadeia as cabeças eram raspadas por causa de piolhos. Aliás, por falar em cabeças, ele foi esquartejado, tem até um quadro horroroso dele todo estrupiado, suas partes espalhadas pelo caminho até Vila Rica pra servir de exemplo e lá no meio da praça colocaram a cabeça dele, só que ninguém sabe quem, ou como, roubaram a cabeça do cara e nunca mais ela foi encontrada.

Sua casa foi queimada e no terreno jogaram sal pra nunca mais nascer nada, sua familia amaldiçoada e proibida até de frequentar a igreja e ele tinha uma namoradinha de quinze anos, pense gente, ele tinha quarenta anos, isso a Globo não mostra, nem os republicanos, pra não queimar o herói. Atenção, não estou desmerecendo a causa dele, pois ele realmente era um republicano e pagou caro por sua ideologia, só acho que tivemos outros heróis. Mas, naquele momento ele era o cara certo, no lugar certo.Precisavam lembrar ao povo que a Coroa era ruim, que matava e tal e mesmo cem anos depois, só haviam bustos,estátuas, quadros dos monarcas e seus queridinhos, então eles tinham que criar uma identidade pro herói nacional e este foi Tiradentes.

Poderiam criar o dia dos Revoltosos e homenagear a galera toda, criar um monumento maneiríssimo com todos, com os heróis de outras etnias também, como a Galera dos Malês, Arariboia, sei lá, mas, o feriado todinho pra Tiradentes deveria ser repensado.

O termo inconfidência significa infidelidade, por isso o correto depois de levantar os fatos seria chamar o movimento de Conjuração Mineira, assim como, muitos historiadores chamam a Revolta de Búzios de Conjuração Baiana, o que dá uma confusãozinha na cabeça de muita gente que acha que foram movimentos diferentes.

Ah, a bandeira de Minas Gerais é a bandeira da Inconfidência e nela está escrito.
“Liberdade ainda que tardia” que é um trecho do Poema do Grego Virgílio e realmente já está tarde e eu aqui na quarentena às 04:20h da manhã, escrevendo pra vocês. É muito amor né?

34 dias de confinamento, em plena pandemia, me sentindo presa e chateada. Mas, vamos que vamos, essa página está me salvando.

Izabelle Valladares e a História para curiosos

Acesse a página no Facebook – Izabelle Valladares

Ligar (22) 98109-2430

m.me/historiapracuriosos

izabellevalladares@hormail.com

http://www.izabellevalladares.com.br

IZABELLE VALLADARES

Sou escritora, mas, amo história de modo geral, aqui deixo compartilhado os temas que estudo


DESACELERE! SEU TEMPO É OURO!
Você está cercado de pessoas que te amam e queiram estar em sua companhia ou se sente cercado por pessoas que sugam …
JUVENTUDE ALDEENSE COM WAGNER MUNIZ – A Nova Era Digital
O mercado publicitário não é o mesmo desde a chegada das novas tecnologias de informação, que possibilitaram mais inovação, ludicidade e praticidade
CIÊNCIA & FÉ – O Universo criado de forma pessoal
Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se …
COLUNA DO EDU – LIBERTE-SE DA ANSIEDADE
(Mateus 6:25) – Por isso vos digo: Não andeis ansiosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que …
Equipes municipais intensificam limpeza da cidade após as chuvas em São Pedro da Aldeia
Segundo a Prefeitura, a chuva intensa e lixo descartado irregularmente causaram alagamentos em pontos do município
Prefeitura de Búzios disponibiliza auxílio técnico à APAE
Esta iniciativa visa minimizar os efeitos causados pela impossibilidade de realização dos atendimentos presenciais na sede da APAE, devido à pandemia do …
Homens armados assaltam loja de departamentos em Cabo Frio
Assaltantes renderam funcionários, levaram objetos pessoais e produtos eletrônicos. Polícia busca imagens de câmeras de segurança que possam ajudar a identificar os …
PM apreende sete granadas artesanais na Comunidade da Linha, em Macaé
Apreensão aconteceu na noite desta quarta-feira (23). Ninguém foi preso
LEI ALDIR BLANC: AGORA É PRECISO SE CADASTRAR NO ESTADO
Regra vale para recebimento do auxílio emergencial de agente cultural pessoa física
Moradores usam barco para resgatar vizinhos ilhados durante alagamento em Araruama
Até esta quarta-feira (23), pelo menos 41 pessoas já foram encaminhadas para um abrigo montado em uma escola
Cabo Frio inicia a Semana Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência
Programação terá transmissões on-line para evitar aglomeração durante a pandemia do novo coronavírus
Expectativa de venda de flores no Estado do Rio aumenta em 60% com o início da primavera
Com mais de 900 produtores, o Estado do Rio de Janeiro é o segundo lugar no raking do país no cultivo de …

[BL]games, PS2, PS3, Nintendo, Wii, iPod[/BL]

Compare Preços de: games, PS2, PS3, Nintendo, Wii, iPod no Buscapé.

1 comment for “Izabelle Valladares e a História para curiosos: Tu sabes mesmo quem foi Tiradentes e por que ele é o único herói nacional? Tem certeza?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *