Jovem de São Pedro da Aldeia recebe prêmio da OAB Federal

Alex de Souza, de 17 anos, foi convidado a colaborar com subseção da Ordem

O Rio de Janeiro teve um representante entre os vencedores do Concurso Cultural de Redação, realizado pela OAB Federal. Alex de Souza, de 17 anos, foi premiado na categoria B, que reuniu trabalhos de adolescentes entre 15 e 18 anos. Para o jovem, morador de São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos, que cursa o terceiro ano do Ensino Médio e pretende seguir carreira no Direito, a premiação foi uma surpresa.

Presidente da subseção, Neemias Lima entregou o certificado ao vencedor Alex de Souza

“Fui avisado do concurso por um professor na véspera do término das inscrições, e fiz a redação no mesmo dia”, conta Alex, que abordou temas como a importância do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), a educação pública e as oportunidades para os jovens no mercado de trabalho em sua redação. “Depois disso fui convidado pela OAB/São Pedro da Aldeia para colaborar com a comissão que discute o ECA”.

“Foi algo muito importante ver um jovem da nossa terra se destacando, e reacendendo a chama cultural da cidade”, contou o presidente da OAB/São Pedro da Aldeia, Neemias Pereira Lima. “A visibilidade que a OAB tem na sociedade fez com que o Alex se interessasse e esse elo de comunicação mostra como a juventude pode seguir boas referências para o futuro”.

As medalhas aos trabalhos vencedores foram entregues nesta segunda-feira (30), em cerimônia realizada pela Comissão Nacional de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente. Ao todo, dez autores, com idades entre 12 e 18 anos, foram premiados em diversos estados do país.

“Foi uma bela solenidade”, afirmou a presidente da Comissão de Direitos da Criança e do Adolescente da OABRJ, Silvana do Monte Moreira.

Os autores premiados foram:

Categoria A – 12 aos 14 anos
1º – Pâmela da Silva, Maranguape (CE) – “Liberdade e Intolerância Religiosa”
2º – Leila Rodrigues, Engenheiro Coelho (SP) – “Cidadania e Igualdade”
3º – Ayana Silva Paiva, Belo Horizonte (MG) – “Gênero e Violência Doméstica”
4º – Francisco Pedro Lima, Maranguape (CE) – “Cidadania e Igualdade”
5º – Cibele Sousa, Aiuaba (CE) – “Gênero e Violência Doméstica”

Categoria B – 15 aos 18 anos
1º – Estêvão de Moraes, São Bento do Una (PE) – “Liberdade e Intolerância Religiosa”
2º – Manuela Azevedo, Óbidos (PA) – “Cidadania e Igualdade”
3º – Giullia Victória, Itabuna (BA) – “Cidadania e Igualdade”
4º – Vitorya Rachel, João Pessoa (PB) – “Cidadania e Igualdade”
5º – Alex de Souza, São Pedro da Aldeia (RJ) – “Cidadania e Igualdade”

Com informações da OAB/RJ – Por Felipe Benjamin


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *