Nova ferramenta do Sebrae para a Sala do Empreendedor é apresentada à Prefeitura de São Pedro da Aldeia

Sistema possibilitará a criação de políticas públicas direcionadas às necessidades dos empreendimentos locais

A Secretaria de Fazenda de São Pedro da Aldeia recebeu representantes do Sebrae nesta terça-feira (24). Na ocasião foram apresentadas propostas à prefeitura como a implementação do Sistema de Atendimento e de Relacionamento do Sebrae (SAS) na Sala do Empreendedor do município. Além da ferramenta subsidiada pelo Sebrae, também foi abordada a adoção de uma nova programação visual que seguirá o padrão nacional em conformidade com a identidade da gestão municipal.

Segundo o secretário municipal de Fazenda, Renaldo Martins, além do fortalecimento da parceria com a prefeitura, a iniciativa irá facilitar a criação de políticas públicas direcionadas às necessidades locais.

“É uma parceria que dura há anos e é muito gratificante poder fortalecer esse vínculo com o Sebrae. Com a nova ferramenta que foi apresentada, será possível ter um gerenciamento das demandas que recebemos na Sala do Empreendedor. Será possível fazer comparações, saber quantas empresas foram abertas no último mês, de que setor, e identificar as principais necessidades de cada empreendimento. Com base nesses indicadores, será possível propor políticas públicas para fomentar os empreendimentos locais”, apontou Renaldo Martins. 

SAS Parceiro

Com a nova ferramenta, será possível planejar ações estratégicas de políticas públicas com base em relatórios de dados dos atendimentos contabilizados. Por meio de registros dos atendimentos realizados na Sala do Empreendedor, a gestão pública também terá acesso a dados para atividades de prospecção e relacionamento com os empresários locais. Foram apresentadas as ferramentas do Sistema de Atendimento e de Relacionamento do Sebrae (SAS Parceiro) com direcionamento para uso dos profissionais municipais.

Os dados inseridos no sistema são confidenciais, e estarão disponíveis para acesso apenas das equipes qualificadas da prefeitura e do Sebrae. A iniciativa segue as diretrizes da Lei Geral de Proteção aos Dados Pessoais (LGPD).

A coordenadora regional do Sebrae, Ana Cláudia Melo Vieira, destacou que o sistema SAS Parceiro será repassado sem custos ao município. Será realizado, ainda, um treinamento da equipe municipal para o uso da ferramenta. “O subsídio da ferramenta é feito 100% pelo Sebrae. Com o sistema, o município vai poder cadastrar todas as empresas atendidas na Sala do Empreendedor e posteriormente ter acesso a essas informações em forma de relatórios. Também será possível apresentar conteúdos que atendam às empresas locais, como e-books gratuitos. Em complemento, o Sebrae disponibiliza também uma nova programação visual para a Sala do Empreendedor, aprovada pela prefeitura, também totalmente subsidiada pelo Sebrae”, declarou.

Ainda de acordo com os representantes do  Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a parceria com a Sala do Empreendedor tem como objetivo estimular e capacitar os empresários para a formalização de seus negócios. Com isso, aumentando a longevidade dos novos empreendimentos.

Também participaram da reunião o subsecretário de Fazenda, Gustavo Amoêdo; a delegada da Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro, Ivonete Santos; A chefe do Dtrim, Mariana Cunha; o assessor especial Ronny Cardoso; o representante da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Rafael Zeca, e o analista e gestor de projetos do Sebrae, Ronald da Silva Silveira.

ASCOM/PMSPA
Texto: Aline Torres Guimarães
Fotos: Bruninho Volotão/PMSPA


Últimas Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *