PM é morto a tiros durante culto religioso em casa em Saquarema e dois homens são presos

Crime aconteceu na noite desta segunda-feira (7) no bairro Bonsucesso na frente de amigos e parentes. Segundo a polícia, testemunhas disseram que dois homens encapuzados chegaram, atiraram e fugiram. Suspeitos foram capturados momentos depois.

Um cabo da Polícia Militar foi executado na garagem de casa durante um culto religioso na casa dele no bairro Bonsucesso, em Saquarema, na Região dos Lagos do Rio, na noite desta segunda-feira (7). Dois homens suspeitos do crime foram presos em flagrante.

De acordo com a PM, os policiais foram acionados para o local e, quando chegaram, a vítima já estava morta. A vítima era o Cabo Ireno Duarte da Rosa, de 39 anos. Ele era casado e deixa esposa e dois filhos.

O Cabo estava na Corporação desde 2009 e trabalhava no 25ºBPM.

Segundo a polícia, testemunhas contaram que Ireno estava na garagem de casa quando dois homens encapuzados chegaram e dispararam diversos tiros contra ele, inclusive tiros na cabeça, e fugiram.

Após buscas pela localidade em uma operação conjunta entre policiais da 124ª DP, 120ª DP e GAT da PM, o autor dos disparos foi localizado e preso. Ele foi encaminhado para a 124ª DP, onde o caso é investigado. Um outro homem também foi preso em posse de um revólver que vai passar por perícia para confirmar o envolvimento na morte do policial.

A polícia disse ainda que o policial vinha sofrendo ameaças por pessoas envolvidas com o tráfico na cidade.

Em nota, a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro lamentou a morte do cabo e informou que o 25º batalhão está prestando apoio à família do policial. O sepultamento está marcado para esta terça-feira, às 15h, no Cemitério de Sampaio Corrêa, em Saquarema.

Com informações do G1/Região dos Lagos


REVISTA ALDEIA MAGAZINE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *