REGIÃO DOS LAGOS – Parentes de PMs mantêm protesto em frente a Batalhão em Cabo Frio; policiamento é normal

PM tentou impedir entrada de major no quartel e recebeu voz de prisão. Viaturas amanheceram com pneus furados neste sábado (11).

 

Parentes de PMs permanecem acampados em frente à sede do 25º Batalhão, em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, neste sábado (11). A manifestação entrou no segundo dia, e, na noite desta sexta-feira (10), manifestantes tentaram impedir um major de entrar com o carro pessoal no batalhão. O major, que é subcomandante da corporação, deu voz de prisão a um PM que estava no grupo.

Em frente ao posto da polícia na Ogiva, viaturas amanheceram com pneus vazios. O policiamento é normal na região, de acordo com o comando do 25º BPM.

O comandante do 25º Batalhão da PM, tenente-coronel André Henrique, informou que as viaturas que tiveram os pneus esvaziados eram reservas. Ele disse, ainda, que o problema foi solucionado e que não suspeita de que o ato tenha sido cometido pelos parentes dos agentes; no entanto, o comandante não revelou sobre a suspeita de autoria do ato.

O protesto começou de madrugada, na Rua Inglaterra, no Jardim Caiçara, em protesto pela regularização dos pagamentos. Ainda na sexta, no começo da tarde, parentes começaram a impedir a entrada e saída de viaturas e agentes. A troca de turno tem sido realizada na rua para manter o policiamento normalizado.

O batalhão afirma que o policiamento também segue normal nas demais cidades de cobertura do 25º: Saquarema, Araruama, Iguaba Grande, São Pedro da Aldeia, Arraial do Cabo e Armação dos Búzios.

Os manifestantes acampados em frente ao batalhão pedem a criação de um calendário de pagamento de ativos, inativos e pensionistas até o 5º dia útil de cada mês, pagamento do 13º salário de 2016, pagamento do auxílio invalidez, pagamento do Regime Adicional de Serviço (RAS) olímpico e paralímpico, e o cumprimento do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado entre Governo e MP.

O grupo pede, ainda, escala de serviço 24 x 72 e 12 x 48, adicional de insalubridade, periculosidade e noturno, unificação salarial à Polícia Militar do Distrito Federal, pagamento de horas extras, acautelamento de arma e colete balístico, plano de saúde, votação para comando geral pela tropa, carreira unificada, investimento no Centro de Fisiatria e Reabilitação da PM, fim do rancho, pagamento de indenizações de R$ 100 mil aos familiares de policiais ativos e inativos por mortes em razão da profissão.

Fonte G1/Inter TV

[BL]games, PS2, PS3, Nintendo, Wii, iPod[/BL]

Compare Preços de: games, PS2, PS3, Nintendo, Wii, iPod no Buscapé.

O Livro dos Sonhos - O Caçador de EspíritosPowered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *