São Pedro da Aldeia registra dois casos da variante Delta

Prefeitura alerta para a manutenção e intensificação dos cuidados contra a Covid-19

A Secretaria Estadual de Saúde confirmou neste fim de semana os dois primeiros casos da variante Delta do coronavírus em São Pedro da Aldeia. Diante da informação, a Secretaria Municipal de Saúde deixa um alerta aos aldeenses para a manutenção e intensificação dos cuidados contra a Covid-19, como o uso de máscaras, a higienização das mãos e o distanciamento social.

A variante Delta é uma mutação do vírus que já registra casos em mais de cem países e continua a se espalhar. Segundo a Organização Mundial de Saúde é duas vezes mais transmissível do que a cepa original identificada em Wuhan, na China. Na nossa região, a Vigilância em Saúde também identificou quatro casos em Cabo Frio.

Os sintomas relatados até o momento são dor de cabeça, dor de garganta e coriza, o que pode ser confundido com um forte resfriado. E indícios como perda do olfato e paladar, tosse e febre são menos comuns.

Em caso de suspeita de contaminação, o cidadão deve procurar o Centro de Triagem da Covid-19, anexo ao Pronto Socorro Municipal, localizado no Morro do Milagre, além de se isolar e cumprir as medidas de distanciamento necessárias.

A Administração Municipal lembra a importância da vacina e que se garanta o ciclo vacinal, que só é possível após a aplicação da segunda dose (D2). Nesta segunda-feira (16), começou a vacinação de moradores de 29 anos ou mais, e até o fim da semana serão imunizados os aldeenses de 27 anos (confira o calendário aqui).

Como o cidadão pode ajudar a bloquear a propagação da variante Delta?

• Lave suas mãos com frequência. Use sabão e água ou álcool em gel.

• Mantenha uma distância segura de pessoas que estiverem tossindo ou espirrando.

• Use máscara quando não for possível manter o distanciamento físico.

• Não toque nos olhos, no nariz ou na boca.

• Cubra seu nariz e boca com o braço dobrado ou um lenço ao tossir ou espirrar.

• Fique em casa se você se sentir indisposto.

• Procure atendimento médico se tiver febre, tosse e dificuldade para respirar.

Com informações da ASCOM/PMSPA

Hélio Ricardo Pereira


Últimas Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *