Mais de 400 KG de lixo são coletados na Praia da Salina durante ação de limpeza em São Pedro da Aldeia

Iniciativa do Projeto Mar Sem Lixo deu início à Semana Nacional de Limpeza dos Mares

A Praia da Salina, onde fica localizada a Ilha do Boi, em São Pedro da Aldeia, recebeu neste sábado (10) uma ação de limpeza com retirada de resíduos. Em um trecho de aproximadamente 1 quilômetro da área de preservação permanente (APP), foram coletados cerca de 400 quilos de lixo. A iniciativa, desenvolvida pelo Projeto Mar Sem Lixo, contou com o apoio das secretarias municipais de Meio Ambiente e Serviços Públicos, além da participação de voluntários do Conselho de Meio Ambiente (COMASPA) e da Associação de Moradores do bairro Vinhateiro.

Uma pilha de garrafas de cerveja descartadas no local chamou atenção dos voluntários, assim como um quadro de energia elétrica e até uma grade de fogão. Foi recolhida, também, quantidade expressiva de plástico, como sacolas, copos e garrafas pets, fragmentos de isopor, restos de apetrechos de pesca, linhas e redes de nylon.

A ação deu início à Semana Nacional de Limpeza dos Mares na região, que ocorre em oito estados do país. Roberto Ramos, presidente e fundados do projeto, explicou que a data tem como objetivo recolher o excesso de resíduos deixados nas praias durante o verão. “A Praia da Salina foi escolhida, na região, para ser o local de pontapé inicial desta semana, que ocorre do fim de março ao início de abril no Hemisfério Sul. A ação também é realizada, já há muitos anos, no Hemisfério Norte. Por lá ocorre no mês de setembro, com o fim do verão, e é chamada de Clean Up Day”, explicou.

A iniciativa também alcançará outras praias do município aldeense. O número de voluntários foi reduzido, nesta ocasião, para que nenhum tipo de aglomeração fosse gerada, seguindo os protocolos de controle à disseminação da Covid-19.

A secretária de Meio Ambiente, Raquel Trevizam, esteve presente e agradeceu o empenho dos voluntários. “É triste constatarmos quanto lixo acaba sendo deixado pelos frequentadores em locais como a Praia da Salina, um dos bens naturais do nosso município. Aproveito para agradecer aos que estiveram aqui na manhã deste sábado e pedir para que os aldeenses sejam, além de conscientes, disseminadores das boas práticas para o meio ambiente”, disse.

O Projeto Mar Sem Lixo é uma Organização Não Governamental (ONG) sem fins lucrativos que tem como objetivo conscientizar a população sobre a problemática do lixo nas praias, o crescente consumo e o descarte de plástico nos oceanos, assim como as suas consequências. O grupo também desenvolve ações de limpeza em praias e corpos hídricos de todo o país.

Por que a Praia da Salina é uma área de preservação permanente?

Segundo o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), são denominadas áreas de preservação permanente (APP) todas as extensões naturais, cobertas ou não por vegetação nativa, cuja função ambiental é preservar os recursos hídricos, dentre outras características naturais.

De acordo com a Constituição Estadual do Rio de Janeiro (Art. 268), são definidas também como APP lagos, lagoas e lagunas; as praias e vegetação de restinga; e faixas marginais de proteção de águas superficiais; quesitos em que a área da Praia da Salina se enquadra.

Com informações da ASCOM/PMSPA
Texto: Larissa Siqueira
Fotos: Divulgação PMSPA


REVISTA ALDEIA MAGAZINE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *