Prefeitura de São Pedro da Aldeia inicia recuperação da usina municipal de asfalto

Reativação da fábrica irá promover agilidade no calçamento das vias públicas

A gestão municipal de São Pedro da Aldeia deu início ao plano de resgate das ruas da cidade. Além da priorização de obras de esgotamento sanitário já em andamento, a prefeitura começou a recuperação da usina municipal de asfalto a frio, localizada no bairro Balneário. As intervenções para colocar a fábrica em pleno funcionamento começaram nesta semana. A previsão é que a conclusão das obras aconteça em cerca de 50 dias. O local, desativado por longo período, tem capacidade de produzir 40 a 60t/h de asfalto.

Bares e restaurantes voltam a funcionar no município de São Pedro da Aldeia
Prefeitura de São Pedro da Aldeia – Foto Renato Fulgoni

O prefeito, Fábio do Pastel, reforçou o envolvimento da gestão pública para dar celeridade ao calçamento das vias municipais, atendendo à antiga demanda popular. “Estou, desde os primeiros dias de governo, buscando soluções para a reativação da usina. Firmei parcerias e participei das visitas técnicas ao local, para poder dar andamento ao plano de recuperação das nossas ruas. Com o convênio que firmamos com o Departamento de Estradas e Rodagem (DER-RJ), uma vez que a fábrica estiver funcionando, teremos o material para começar o calçamento das ruas e realizar operações tapa-buraco pelo município”, disse.

O secretário de Serviços Públicos, Raimundo Teixeira, avaliou que a retomada dos serviços deve acontecer em menos de dois meses. “Estimamos que a conclusão da reforma aconteça em até 50 dias, já estando apta para funcionamento pleno. Nossas equipes estão trabalhando na recuperação e manutenção dos equipamentos, que ficaram expostos ao tempo, por longo período”, relatou.

O engenheiro civil e secretário adjunto da pasta, Paulo Vinicius, destacou que a fábrica, que possui alto valor para o município, estava em avançado estado de deterioração. “Estamos atuando na recuperação de todas as partes deterioradas devido ao longo período em que ficaram abandonadas. É um bem público que, em seu pleno funcionamento, possui um valor de aproximadamente 350 mil reais e tem a capacidade de produção de 40 a 60t/h”, pontuou.

A parceria firmada com o DER-RJ, por meio do convênio assinado pelo prefeito e o presidente do órgão, irá fornecer o material necessário para fabricação de asfalto PMF (Pré-Misturado a Frio). A iniciativa tem como objetivo atender às demandas da população de calçamento das diversas vias municipais, e ainda, o reparo de buracos em ruas que já se encontram asfaltadas.

Com informações da ASCOM/PMSPA
Texto: Aline Torres Guimarães
Fotos: Divulgação/ PMSPA


Últimas Notícias

Homem é preso com drogas no Porto do Carro

Homem é preso com drogas no Porto do Carro

Foram apreendidos 273 Pedras de crack, 23 Buchas de maconha, 15 cápsulas de cocaína e R$20,00 em espécie. Segundo informações da Polícia Militar, ness

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *