Secretaria de Turismo de São Pedro da Aldeia promove renovação assistida da Carteira Nacional do Artesão

Objetivo é facilitar a renovação do documento, que concede diversos benefícios à categoria

Os artesãos de São Pedro da Aldeia podem renovar a carteira profissional da categoria no Centro de Informações Turísticas. O atendimento é feito às terças e quintas-feiras, das 9h às 17h, sem agendamento. O objetivo da Secretaria Municipal de Turismo é facilitar a renovação do documento e estreitar laços entre a classe artesã e a gestão pública. 

A secretária de Turismo, Andrea Tinoco, destaca que a equipe municipal foi capacitada por técnicos da Secretaria de Estado de Turismo (Setur-RJ) para realizar o serviço. “A Carteira Nacional do Artesão é um documento de extrema importância para a categoria. Oferecer assistência para sua renovação, além de atender uma demanda antiga dos artesãos, nos possibilita avançar com novas propostas”, afirmou. 

A Carteira Nacional do Artesão é um documento físico válido em todo o país, que concede diversos benefícios à categoria. Além de formalizar a atividade artesanal, o profissional que conta com a carteira pode participar de cursos de qualificação, feiras, exposições e ter acesso a microcrédito com condições mais atrativas, entre outros. 

O cadastro dos artesãos também é necessário para a implantação de políticas públicas e o planejamento de ações voltadas à categoria. É importante destacar que o serviço oferecido pela Secretaria de Turismo de São Pedro da Aldeia é voltado à renovação do documento. A emissão de novas carteiras depende da realização de uma curadoria das peças e, por isso, só pode ser feita pelos técnicos da Setur-RJ.

O Centro de Informações Turísticas do município está localizado na Praça Hermógenes Freire da Costa, no Centro. Mais informações podem ser solicitadas via InfoTur (WhatsApp), no número 22 998665093.

Com informações da ASCOM/PMSPA

GAT I prende homem com drogas na Favela do Lixo em Cabo Frio

GAT I prende homem com drogas na Favela do Lixo em Cabo Frio

Com informações da Polícia Militar, na quarta-feira (17), após informação de que elementos estariam traficando na localidade conhecida como “CORO COME” na Favela do Lixo, na Rua Sete, Manoel Corrêa , Cabo Frio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *