CABO FRIO – Secretaria de Educação desbloqueia mais de R$ 1 milhão e meio de verbas federais do PNAE

Recursos são destinados à merenda escolar

 

Nesta quarta-feira (26), a Secretaria Municipal de Educação de Cabo Frio conseguiu o desbloqueio da verba federal do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), recebendo a liberação de R$1.530.816,40, referentes às parcelas retidas de fevereiro, junho, julho, agosto e setembro deste ano. Os repasses estavam bloqueados em função das irregularidades praticadas na gestão municipal de Cabo Frio entre os anos de 2014 e 2016, que fez um desvio de finalidade de R$2.384.891,87 dos cofres da Educação.

Com o montante recebido, a pasta fez o pagamento das dívidas com os fornecedores de merenda, totalizando R823.281,25. Com isso, a Secretaria iniciará 2019 adimplente com a merenda escolar. A liberação só foi possível porque o governo atual da Secretaria de Educação fez uma representação, junto ao Ministério Público Federal, para transferência de responsabilidade da dívida de mais de R$ 2 milhões. O débito, que estava registrado no CNPJ da Prefeitura, foi transferido para o CPF do gestor municipal da época, responsável pelo endividamento.

Para que isso fosse possível, a Superintendência Administrativa (Supad) da Seme fez um intenso trabalho para fazer a prestação de contas de governos anteriores, das pendências de valores que eram passíveis de comprovação nos anos de 2014, 2015 e 2018. “O FNDE manda ofícios dizendo o que está irregular. Como não foi respondido, o repasse foi bloqueado. Quando assumimos, respondemos esses ofícios, fazendo levantamentos e análises, com o objetivo de identificar e solucionar as irregularidades apontadas”, explicou a superintendente administrativa da Seme, Cintía Dvorak Mendes.

“É uma grande vitória para a Educação. Essa conquista nos permite ter tranquilidade na gestão, sabendo que os recursos federais estão garantidos para o próximo ano”, afirmou o secretário de Educação, Claudio Leitão.

O PNAE tem a finalidade de fazer a complementação alimentar dos alunos das escolas públicas. Atualmente, o governo federal repassa dez parcelas (de fevereiro a novembro) de R$306.163,28 à Seme, que faz a compra da merenda para os 30.921 alunos da rede municipal, abastecendo os 200 dias letivos.

A compra é feita através de um processo licitatório. A licitação para o fornecimento de alimentos em 2019 já foi concluída, três empresas farão o abastecimento das escolas municipais no próximo ano letivo.

Confira os valores que a União repassa por aluno, por dia letivo:

Creches: R$ 1,07

Pré-escola: R$ 0,53

Escolas indígenas e quilombolas: R$ 0,64

Ensino fundamental e médio: R$ 0,36

Educação de jovens e adultos: R$ 0,32

Ensino integral: R$ 1,07

Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral: R$ 2,00

Alunos que frequentam o Atendimento Educacional Especializado no contraturno: R$ 0,53

 

 

Fonte Comunicação Cabo Frio






[BL]games, PS2, PS3, Nintendo, Wii, iPod[/BL]

Compare Preços de: games, PS2, PS3, Nintendo, Wii, iPod no Buscapé.

O Livro dos Sonhos - O Caçador de EspíritosPowered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *