SÃO PEDRO DA ALDEIA – Prefeitura de São Pedro da Aldeia investe em ações de saúde preventiva

Visando o fortalecimento da Atenção Básica no município, a Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Saúde, desenvolveu diversas ações voltadas à prevenção e promoção da Saúde ao longo do ano de 2018. Dentre os destaques, estão a adesão a campanhas como Setembro Amarelo, Outubro Rosa e Novembro Azul, além das campanhas de vacinação, atividades do Programa Saúde na Escola, que mobilizaram mais de 6 mil alunos da rede municipal de ensino, e ações de combate a sífilis.

Foto: Renato Fulgoni

Os investimentos na área da Saúde em São Pedro da Aldeia, em 2018, superaram os 15% estabelecidos por Lei, chegando a 28%. “O ano de 2018 foi um começo das ações preventivas e envolveu vários trabalhos, nós já conseguimos avançar em atividades relacionadas à prevenção e promoção da saúde. Nossa proposta para 2019 é continuar fazendo isso, intensificando o trabalho de forma a conscientizar a população para que ela comece a ter essa visão de prevenir a doença ao invés de esperá-la chegar para tratar”, declarou a secretária da pasta, Francislene Casemiro.

Foto: Renato Fulgoni

Ao longo do ano, a Secretaria de Saúde realizou 3.574 exames citapatológico do colo do útero, o preventivo, e 1.341 mamografias. O trabalho voltado à saúde da mulher, conscientização e prevenção do câncer recebeu atenção especial durante a campanha mundial “Outubro Rosa”. Para isso, foram promovidas rodas de conversa, coletas de preventivo e solicitações de mamografias com agenda extra, testes rápidos e distribuição de material educativo, além de um levantamento do quadro de servidoras do município, mulheres entre 24 e 69 anos, para a realização de exames.

Devido ao aumento do índice de sífilis em toda a Baixada Litorânea, o município de São Pedro da Aldeia e outras cidades da região montaram um protocolo para o combate à doença. O diagnóstico é feito por meio de teste rápido nas Unidades Básicas de Saúde e a primeira aplicação do tratamento é realizada no Setor Municipal de Doenças Infecto-Parasitárias (DIP), localizado ao lado do Pronto-Socorro Municipal, no bairro Morro do Milagre. As outras doses da medicação são aplicadas nos postos de saúde.

Foto: Renato Fulgoni

Buscando conscientizar sobre a importância da prevenção ao suicídio, a equipe do Programa Municipal de Saúde Mental realizou palestras sobre a temática durante o “Setembro Amarelo”. Foram realizados encontros com a participação de orientadores educacionais, professores da rede, psicólogos, assistentes sociais, funcionários da empresa Endicon Engenharia, situada no bairro Campo Redondo, e alunos do 1º, 2º e 3º ano do curso normal do Colégio Estadual Dr. Feliciano Sodré, localizado no centro da cidade.

As ações de promoção, prevenção e atenção à saúde também chegaram às escolas da rede municipal no segundo semestre do ano letivo. O Programa Saúde na Escola (PSE) levou atividades voltadas a ações de combate ao mosquito aedes aegypti, saúde bucal, alimentação saudável, doenças sexualmente transmissíveis e violências na escolas para 30 unidades escolares, envolvendo 6.680 alunos, que ganharam ainda kits de higiene com fio dental, pasta e escova de dente.

Foto: Renato Fulgoni

A saúde do homem também recebeu uma atenção especial. Com atendimento médico especializado, consultas de enfermagem, solicitação de exames, aferição de pressão, testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites B e C, uma mobilização foi feita na Policlínica Municipal em prol do “Novembro Azul”. A programação, que atendeu demanda livre, foi voltada ao público masculino em todas as faixas etárias.

ASCOM/PMSPA
Texto: Gabrielly Costa
Fotos: Renato Fulgoni e Jefferson Viana






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *