SÃO PEDRO DA ALDEIA – Saúde aldeense promove treinamento com enfermeiros para operação do sistema nacional de imunizações

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Saúde, promoveu na quinta-feira (31) um treinamento voltado aos enfermeiros das unidades de saúde do município. A capacitação, realizada no auditório do Cine Estação, teve como foco a utilização do sistema de informação do Programa Nacional de Imunizações, o SI-PNI. O sistema, que funciona via Web, permite o registro de dados sobre vacinação de forma detalhada, entre eles o número de doses aplicadas por faixa etária, cálculo da cobertura vacinal, campanhas e controle de estoque, além do cadastro individual dos pacientes a partir do cartão do SUS. Em São Pedro da Aldeia, 80% das unidades de saúde já contam com o novo sistema informatizado operante.

Foto: Renato Fulgoni

Diretora de Atenção Básica da Secretaria de Saúde, Jaqueline Tinoco falou sobre a proposta do treinamento. “A adequação ao Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações é uma obrigação preconizada pelo Ministério da Saúde. A nossa proposta é descentralizar esse sistema para todas as unidades de saúde. Esse é o segundo treinamento em SI-PNI que realizamos, já fizemos com os técnicos e agora com os enfermeiros, porque são profissionais que atuam diretamente com a vacinação e precisam estar aptos a operar e alimentar essa ferramenta. Esse sistema é utilizado, inclusive, como um meio para abastecer os municípios, já que ali fica registrada toda a movimentação de vacinas, doses aplicadas, entrada e saída de lotes e outras informações fidedignas que o Estado terá acesso. É uma ferramenta essencial que tem a proposta de ampliar a cobertura vacinal e aprimorar o controle da gestão em nível municipal, estadual e federal”, disse.

Foto: Renato Fulgoni

O treinamento foi conduzido pelo técnico e especialista em sistemas do setor de Tecnologia da Informação da Secretaria de Saúde, Wladimir Rojas. Na ocasião, o técnico forneceu orientações sobre o passo a passo para a inclusão de dados, os procedimentos para o cadastro de usuários, o lançamento de informações e principais atribuições dos profissionais dentro do sistema, além de esclarecer dúvidas. Para a utilização da ferramenta via Web, os técnicos em enfermagem e enfermeiros receberam login e senha de acesso individuais. Nas unidades de saúde que ainda não possuem acesso à Internet, o trabalho será feito manualmente por meio do preenchimento de formulários, que posteriormente serão enviados à Secretaria de Saúde para serem inseridos no sistema.


De acordo com Jaqueline, a apresentação do Cartão Nacional de Saúde é de extrema importância para o registro de informações no sistema. “O cadastro dos usuários nesse sistema é vinculado ao número do cartão do SUS e ao local de sua residência. Por isso, nós pedimos muito o apoio da população para que, além de apresentar o cartão, procure se vacinar no seu posto de saúde de origem, no local onde reside. À medida que a pessoas procurem as suas unidades para se vacinar, seja para a vacinação de rotina, primeira dose, reforço ou outros casos, elas já serão cadastradas e terão o seu histórico, como se fosse um espelho do cartão de vacina, registrado ali”, salientou.


Para o enfermeiro Leandro Oliveira, especialista em Saúde da Família, a adequação ao SI-PNI será benéfica para a rede de atenção municipal. “É muito bom saber que o município está abraçando esse projeto do Ministério da Saúde. Nós já utilizamos o e-SUS, mas vamos operar também com o SI-PNI que é um sistema muito mais detalhado e à parte. O mais importante disso tudo é a ênfase na fidelidade dos dados. Dessa forma, o Estado vai ter ciência do que está sendo utilizado e o que tem que ser resposto, o que vai contribuir para o reabastecimento das doses e na garantia do atendimento à população”, disse o profissional, que atua na unidade de saúde da Ponta do Ambrósio.


Futuramente, o SI-PNI deverá ser integrado ao software público da Atenção Básica, o e-SUS, criado com o objetivo de englobar os diversos sistemas de informação existentes no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).


Participaram do treinamento enfermeiros e técnicos em enfermagem das unidades dos bairros Botafogo, Campo Redondo, Flexeira, São Mateus, Vinhateiro, Porto do Carro, Balneário, Fluminense, Colina, Ponta do Ambrósio, São João, Praia Linda, Cruz, Alecrim, Recanto das Orquídeas, Baixo Grande, Poço Fundo e Porto da Aldeia.

Foto: Renato Fulgoni

 

Fonte ASCOM/PMSPA

Por Raira Morena





[BL]games, PS2, PS3, Nintendo, Wii, iPod[/BL]

Compare Preços de: games, PS2, PS3, Nintendo, Wii, iPod no Buscapé.

O Livro dos Sonhos - O Caçador de Espíritos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *