AÇÕES POLICIAIS – Investigado na Operação Constantino e procurado por tráfico é preso em São Pedro da Aldeia

Homem é suspeito de gerenciar atividade em comunidade de Cabo Frio. Operação do MP e polícias visa combater o tráfico de drogas e de armas.

armas-foram-apreendidas-em-cabo-frio-2

Armas foram apreendidas em Cabo Frio (Foto: Divulgação Polícia Militar)

Um homem suspeito de gerenciar o tráfico de drogas na comunidade Rainha da Sucata em Cabo Frio, Região dos Lagos do Rio, foi preso em uma casa no Vinhateiro, em São Pedro da Aldeia, após uma denúncia anônima. Segundo a Polícia Militar, ele era procurado pela Justiça através das investigações da Operação Constantino – contra o tráfico de drogas e armas – e tinha um mandado de prisão aberto. De acordo com a PM, ele tentou fugir, mas acabou detido.

Após a prisão, os agentes seguiram para a Rainha da Sucata, onde encontraram uma pistola calibre 45 e uma carabina .45 na casa da mãe do suspeito, que funcionava como esconderijo de armas. Segundo a PM, o detido assumiu ser dono do material. O caso foi registrado na 126ª DP.

Operação Constantino
Em outubro de 2015, nove pessoas foram presas por suspeita de tráfico de drogas e associação para o tráfico na Região dos Lagos do Rio. As prisões aconteceram em Cabo Frio e Araruama. Chamada de “Operação Constantino”, a ação cumpriu 21 mandados de prisão e 30 de busca e apreensão.

Além destas prisões, os agentes também apreenderam R$ 1 mil dentro de uma cela do Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, 17 celulares, cocaína e anotações do tráfico.

O bando era integrado a uma facção criminosa e liderado pelo denunciado Carlos Eduardo Rocha Freire Barboza, conhecido como “Cadu Playboy”. Apesar de preso desde 7 de novembro de 2014, ele continuou coordenando as atividades do grupo de dentro da penitenciária por meio de mensagens e ligações telefônicas. Desde então, a polícia passou a realizar buscas para encontrar os outros suspeitos de terem envolvimento com a facção criminosa.

Fonte G1/Inter TV

Publicidade: