ESPORTE – Equipe de Canoa de Cabo Frio está entre as quatro melhores do Mundo

As atletas cabo-frienses representaram o Brasil em competição na Austrália

 

A equipe cabo-friense Mana Brasil Clube Náutico de Cabo Frio (CNCF) ficou entre as quatro melhores do mundo no Mundial de Longa Distância 2019 de Canoa Polinésia (Va’a). A competição aconteceu entre os dias 9 a 16 de agosto em Sunshine Coast, na Austrália.

A equipe composta por seis atletas com mais de 40 anos ficou com a quarta colocação na prova da categoria V6 Master 40 feminina em um percurso de 24 quilômetros, estando atrás das anfitriãs Australianas (1º lugar), das atletas da Nova Zelândia (2º lugar) e do Havaí (3º lugar). Nove países participaram do campeonato: Austrália, Brasil, Canadá, Califórnia, Hawaí, Hong Kong, Nova Zelândia, Tahiti e Singapura.

As atletas, que fizeram parte da delegação representada pela Confederação Brasileira de Va’a (CBVAA), alcançaram um nível altíssimo de rendimento e representaram muito bem o país ficando entre os quatro melhores do esporte no mundo.

Atleta, treinadora e capitã da equipe, Dayone Rossi avaliou a posição conquistada e comemorou bastante o resultado. “Avalio como um grande aprendizado. Nessas competições podemos ver como o Brasil precisa apoiar atletas para conquistas internacionais e mundiais. Fizemos uma excelente participação, remamos muito. O quarto lugar veio como se estivéssemos no pódio. Estamos muito felizes. Até o momento somos a equipe brasileira com a melhor colocação nesse mundial”, afirmou.

A Mana Brasil CNCF é composta por seis atletas: Dayone Rossi, Mariana Santa Roza, Alice Nassif, Marta Terra, Simone Rená e Alisa de Lalor. A equipe nasceu em 2012 pelo ideal da professora de Educação Física, atleta e atual capitã Dayone Rossi de formar um pequeno grupo de amigas e remadoras de OC1 (canoas individuais) para competir na categoria V6 (com 6 pessoas). Desde então, elas disputaram diversos estaduais, brasileiros e sul-americanos na Argentina, Chile, Peru e Brasil, sendo Tricampeãs Master da América do Sul em 2018. O maior título foi o Mundial de 2014, com ouro na categoria Master e prata na Open.

 

 

Fonte ASCOM/PMCF