Escritora garante vaga na Bienal do Livro de São Paulo com campanha na internet

Lorena Brites vai representar a Região dos Lagos no maior evento literário da América Latina

Lorena Brites, acervo de Palavras.jpg São Paulo

A escritora Lorena Brites, 25, conseguiu, através da internet, arrecadar fundos para participar da 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo

Após meses de um intenso trabalho de divulgação na internet, a escritora Lorena Brites, 25, conseguiu arrecadar fundos para participar da 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que vai acontecer do dia 26 de agosto a 04 de setembro no Pavilhão de Exposições Anhembi. Considerada a maior feira literária da América Latina, a Bienal do Livro de São Paulo terá na programação nomes como o do filósofo Mário Sérgio Cortella, a youtuber Kéfera Buchmann e a best-seller Ava Dellaira, entre outros sucessos da literatura, e também, a poetisa de Arraial do Cabo, que está orgulhosa pela conquista.
“Em 2015 representei a Região dos Lagos na edição do Rio de Janeiro, foi lá que o meu livro de poesias estourou e espero que em São Paulo não seja diferente”, contou Lorena Brites. Além de fazer parte do megaevento literário, a autora ainda vai apresentar a obra poética “Acervo de Palavras” no Patuscada Livraria, Bar & Café, espaço cultural situado em um dos bairros mais tradicionais da capital paulista, a Vila Madalena. O pré-lançamento da obra será um dia antes do início da Bienal do Livro, no dia 25 de agosto a partir das 19h. “Essa é a primeira vez que sairei do estado do Rio, e fazer o pré-lançamento do meu livro no Patuscada será uma honra, pois desde o ano passado tenho conversado sobre essa possibilidade com o Eduardo Lacerda, dono do espaço e também dono da editora Patuá, e que vem lançando novos nomes na literatura nacional. Tenho certeza que esse evento me trará sorte durante a temporada na cidade”, disse animada.
Para chegar até a Bienal Internacional do Livro de São Paulo, Lorena Brites investiu tempo e muita determinação. Inicialmente lançou uma campanha de financiamento coletivo com intuito de arrecadar cerca de R$ 4 mil, mesmo sem sucesso continuou confiante e movimentou as redes sociais com vídeos de apelo sobre a sua meta. Fez rifa do próprio livro e montou um bazar na garagem de casa. A mobilização gerou bons resultados, a escritora da Região dos Lagos sensibilizou algumas empresas como a Auto Viação 1001, o Total Hotel, a Servgela Brindes, a Casa da Poesia, a Casa do Ouro, a estamparia Dedeco Arts, a Mais Comunicação Corporativa, o Clube do Marketing e a B Comunicação e Design, que estão a apoiando.

Acervo de Palavras.jpg3
“Empresários, amigos e até desconhecidos me ajudaram. Estou muito feliz em saber que tantas pessoas acreditam no meu trabalho e principalmente incentivam a arte no nosso país. Agradeço a todos que fazem parte da realização deste sonho”, declarou. A poetisa vai expor o livro “Acervo de Palavras” nos dez dias da programação da Bienal, no estande E083 da editora Autografia. Quem quiser conhecer mais sobre o trabalho de Lorena Brites basta acessar a página (facebook.com/AcervoDePalavrasLorenaBrites).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *