homem de 25 anos que vive na Região dos Lagos é o segundo caso de varíola dos macacos no Estado do Rio de Janeiro

É o oitavo caso da doença no país, segundo o governo federal. Homem, de 25 anos, é morador de Maricá e está isolado. Ele teve contato com estrangeiros.

O Ministério da Saúde confirmou na noite deste domingo (19) o segundo caso de varíola dos macacos no Estado do Rio de Janeiro. Trata-se do oitavo diagnóstico positivo no país. O paciente é um homem de 25 anos que vive em Maricá, na Região dos Lagos.

Varíola dos macacos é semelhante à varíola que já foi erradicada, mas menos severa e menos infecciosa — Foto: Science Photo Library

Ele não viajou ao exterior, mas relatou contato com estrangeiros. Segundo o Ministério da Saúde, o paciente apresenta quadro clínico estável, sem complicações, e está sendo monitorado pelo Instituto Nacional de Infectologia e pelas secretarias de Saúde estadual e municipal.

O caso foi confirmado pelo Laboratório de Enterovírus da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Ainda de acordo com o governo federal, todas as medidas de contenção e controle foram adotadas imediatamente após a comunicação de que se tratava de um caso suspeito da doença.

O primeiro caso registrado no estado foi na cidade do Rio de Janeiro. Um homem de 38 anos residente em Londres, que chegou ao Brasil em 11 de junho e procurou atendimento médico no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz) no dia seguinte. O resultado positivo foi confirmado dia 14 de junho.

O Brasil registra oito casos confirmados de varíola dos macacos, sendo quatro em São Paulo, dois no Rio Grande do Sul e dois no Rio de Janeiro. Outros seis casos permanecem em investigação. Todos estão isolados e em monitoramento.

Com informações do G1

No dia do padroeiro, fé em Pedro e tradições religiosas evidenciam identidade aldeense

Feriado do padroeiro é comemorado com festividades em São Pedro da Aldeia

As festividades em homenagem ao santo padroeiro de São Pedro da Aldeia prometem animar o feriado nesta quarta-feira (29). Além das missas e novenas, será realizada a tradicional procissão marítima em celebração ao protetor dos pescadores, seguida pela procissão terrestre. À noite, a população pode se deliciar com barraquinhas de petiscos.
Covid-19: 4ª dose está disponível para todos os aldeenses de 40 anos ou mais

Covid-19: 4ª dose está disponível para todos os aldeenses de 40 anos ou mais

A quarta dose (D4) da vacina contra a Covid-19 já está disponível para todos os cidadãos de 40 anos ou mais em São Pedro da Aldeia. O intervalo necessário é de quatro meses após a D3. A vacinação é realizada das 8h às 12h, nas unidades de saúde da cidade. A partir desta segunda-feira (27), os idosos também podem procurar o São Pedro Esporte Clube (SPEC), no Centro, para se imunizarem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *